“O coração é o órgão principal da circulação sanguínea. Ele é a bomba mestra dessa circulação, mas uma bomba inteligente e autónoma cuja subtileza de reação é extraordinária. Através do seu ritmo, é capaz de responder instantaneamente à menor solicitação, seja ela fisiológica (esforço) ou psicológica (emoção). Pela sua estreita relação com o cérebro, é capaz de regular de maneira muito precisa as pressões e os ritmos circulatórios que as circunstâncias ambientais necessitam.”

Michael Odoul

Autor do livro: "Diga-me onde dói e eu lhe direi porquê"

A deficiência de magnésio contribui para ritmos anormais do coração, possivelmente porque o magnésio é responsável pela manutenção de concentrações normais de potássio e de sódio nas células do músculo cardíaco. 

Os tecidos onde ocorrem estimulações, como no caso do coração, dos músculos do esqueleto e do sistema nervoso central, contêm a taurina em grandes e elevadas concentrações.

 A taurina regula a excitabilidade da membrana dos tecidos do coração.

O sistema cardiovascular é responsável pelo transporte de nutrientes, oxigénio, informação para todas as células do corpo e pelo transporte de toxinas e dióxido de carbono para os órgãos excretores, para estes serem eliminados.
Conheça três plantas aliadas do sistema cardiovascular.

O Sistema Cardiovascular tem como função distribuir por todo o organismo, o sangue que carrega consigo a informação do meio ambiente, o oxigénio e os nutrientes que as células requisitam para segurarem a sua atividade. Nesse movimento interrupto, o sangue também transporta os produtos residuais do metabolismo celular, desde os locais onde foram produzidos até os órgãos encarregados de eliminá-los.