AS MINHAS EXPERIÊNCIAS SÃO O MEU TESOURO

  • 2

AS MINHAS EXPERIÊNCIAS SÃO O MEU TESOURO

 

As minhas experiências são o meu maior tesouro

Só posso falar da minha experiência, e tenho experienciado, na minha vida, muitas situações em que senti falta de liberdade. Quando era adolescente, desejava atingir a maior idade, pois ansiava por essa dita liberdade que achava que via nos adultos. Por um lado não queria ser adulta, pois muito do que via neles era-me estranho.

Que estranha forma de viver” pensava eu…”sempre preocupados, stressados, zangados…porque não pode ser tudo um mar de rosas? Porque é que não pode ser como nos filmes, em que todos são felizes e amigos? Porque é que a minha família não pode ser como as outras, em que todos se dão bem e fazem coisas juntos, e ajudam-se…Porquê?

E muitas vezes me questionava.

O que eu sentia era mesmo uma desadequação total. Era como se não pertencesse àquela vida, àqueles pais, àquela família, a este mundo! Mas eu sou daqui? Não devo ser…

Pois tudo me parecia descabido, o que eu sentia não correspondia ao que eu via os outros falarem, e era tudo muito estranho. Sempre me questionei se a vida seria mesmo aquilo que eu via, e não conseguia engolir a conversa do meu pai: A vida é assim mesmo! É isto mesmo! Não há mais nada!

Sempre procurei por esse algo mais, que eu desconfiava que havia; não me conseguia contentar com o que via. E sentia-me sufocada…eu queria sair do casulo, mas não me deixavam…era isso que eu sentia, era tudo isto que eu sentia: sufoco! Mágoa, sofrimento, dor, raiva, toneladas de raiva, reprimida, pois não a podia exprimir da forma que eu desejaria: dizer-lhes o que realmente sentia…

Eu cresci, as coisas não mudaram muito…

Mas agora eu procuro dizer o que sinto! Chega de acumular raiva, de envenenar o meu corpo, a minha mente, minando a minha percepção da vida! Chega de maus tratos, de grosseria; chega de fazer as coisas às escondidas, chega de fazer as coisas para que os outros gostem de mim, chega de procurar a aceitação dos outros! Chega de viver a vida dos outros, chega de tentar adaptar tudo á minha maneira…enfim, chega de fugir da vida. Pois que mais não é isso, do que fuga á vida? Á minha vida, a viver o que tenho! Sempre á procura do que não tenho? Porquê? Quem me disse que eu não tenho tudo o que preciso?

Eu sempre tive tudo o que precisei! Sempre! E do que eu mais me queixei era do que eu mais precisava! Eu sempre fiz o que realmente queria! Nós sempre fazemos aquilo que queremos, e quando dizemos que queremos, mas realmente não queremos, como não aguentamos que os outros não nos aceitem, ou nos critiquem, ou não gostem de nós, resolvemos arranjar desculpas para não o fazermos! Pois de que nos serve queixarmo-nos? As coisas vão mudar? Sim, mudarão para pior quanto mais nos queixarmos! Essa é uma lei incontornável!

E o contrário também é verdade: quanto mais agradecer, mais disso terei! Graças a Deus que passei por tudo o que passei, pois foi isso que me fez quem sou hoje! Tudo isso é o meu tesouro, o meu passado é o meu maior bem! É através dele que decido quem eu quero ser agora! Obrigado aos meus pais, que sendo os meus primeiros mentores, me mostram o resultado das suas acções e atitudes! Através da observação da sua experiência eu posso concluir: se fizer assim, o resultado é este; é este resultado que eu quero? É esta a vida que eu quero para mim? Será que é quem eu decido ser?

Muitas vezes me lamentei, queixei, vitimizei, como se a vida me tivesse marcado, só me proporcionando situações que eu não conseguia aguentar! Tanto me desgastei, rastejei…mas a vida, mesmo assim, me deu oportunidades! Sempre me dando oportunidades, me mostrando tudo o que ela tinha de belo e maravilhoso para me oferecer!

Eu estava cega. Cega pelo rancor, pela raiva, pelo sofrimento…a minha vida era uma ilusão, era um quarto escuro…pois os meus olhos estavam fechados!

Mas a vida sempre nos dá oportunidades, e um dia, um dia Maravilhoso, mostrou-me uma luz; eu não conseguia ver nada, estava muito cansada, não tinha forças, mas essa luz deu-me uma esperança! Farta e cansada da vida que tinha decidi dar-me uma oportunidade! Pois se Deus me as dava constantemente, quem era eu para me privar de as aceitar? Simplesmente pus a abertura de que poderia haver mais do que aquilo que eu via, mesmo que eu não o conseguisse ver!

 Há uma luz…não vejo o que é, mas é luz, e eu vou caminhar para ela, tentar descobrir o que está ali…parece perto…

E tenho procurado seguir essa luz! Nesse caminho já encontrei muita beleza, coisas que nunca tinha visto! Sensações que nunca tinha vivido! Conheci partes de mim que nunca imaginei que existiam! Vi-me de uma forma completamente diferente! Muita coisa mudou…mas principalmente, eu mudei!

Obrigado meu Deus, por todas as oportunidades que me ofereces, a cada momento da minha existência!

 

Composto e postado por:

 

Elisabete Milheiro

 

Nota: O que é aqui escrito é a minha experiência. O que se pretende aqui é dar a conhecer experiências do dia-a-dia, que poderão ser úteis a quem se identificar com elas. Isto não invalida o facto de que a verdade está em constante alteração, 


2 Comments

Mafalda Carvalho

Março 12, 2011at 10:01 pm

É verdade amiga, existe sempre uma luz dentro da escuridão, o que temos de fazer é abrir os olhos e ir ao encontro dela, porque ela está lá e sempre esteve, nós é que não a víamos ou não queríamos ver.
Tocaste-me profundamente com as tuas palavras, porque me identifico com algumas delas.
Obrigada

Elisabete Milheiro

Março 14, 2011at 10:34 am

Obrigado Mafalda, pelo teu comentário!
Realmente estamos a passar por uma fase que mexe muito com todos nós, este reajuste Universal mexe com as nossas energias, e, eu falo por mim, surgem-me muitas questões antigas que estavam cá guardadas e que agora submergem para ser resolvidas. Mas confio que sempre tenho o que preciso, e a Vida me dá tudo na altura certa! Eu sou a pessoa certa, no sitio certo, a fazer a coisa certa, no momento certo!
Confio nas oportunidades que a vida me dá de ser Feliz, pois existe maior Felicidade do que Agora? Amanhã não sei se estarei viva! Não vou adiar a minha Felicidade para Amanhã!
Obrigado!

Leave a Reply

Sim, é possivel criar uma vida nova!!!