Category Archives: A Mente Milionária

  • 0

Os Segredos da Mente Milionária

T. Harv Eker

As pessoas ricas vêem oportunidades. As pessoas de mentalidade pobre identificam obstáculos.
As pessoas ricas reconhecem o potencial de crescimento. As pessoas de mentalidade pobre
consideram o potencial de perda. As pessoas ricas focalizam a remuneração. As pessoas de
mentalidade pobre concentram-se no risco.

 

Tudo se resume à velha questão: “O copo esta meio vazio ou meio cheio?” Não estou falando de
pensamento positivo, estou me referindo à sua perspectiva habitual do mundo. Grande parte das
pessoas de mentalidade pobre toma decisões inspirada pelo medo. A sua mente está o tempo todo à
procura do que está ou pode dar errado em qualquer situação. A sua programação mental primordial
é: “E se não der certo?” Ou, mais frequentemente: “Isso não vai dar certo.”
Quem possui uma visão de classe média é ligeiramente mais otimista. A sua programação mental
é: “Espero que de certo.”
Os ricos, como já disse, assumem a responsabilidade pelos resultados da sua vida e agem
segundo a programação mental “Vai dar certo porque eu farei com que dê certo”.
Eles esperam ser bem-sucedidos. Têm confiança na sua capacidade e criatividade e acreditam
que, se alguma coisa falhar, vão descobrir outro jeito de obter sucesso.

 

De modo geral, quanto maior a recompensa, maior o risco. Por verem oportunidades o tempo
todo, as pessoas ricas estão dispostas a arriscar. Elas acreditam que conseguirão recuperar o seu
dinheiro caso a vaca vá para o brejo.

 

A expectativa das pessoas de mentalidade pobre, ao contrario, é fracassar. Elas não têm
confiança em si mesmas nem na sua capacidade. Estão certas de que, se não forem bem-sucedidas
nas suas ações, será uma catástrofe. E, como só vêem obstáculos, geralmente não estão dispostas a
correr riscos. Sem risco, não há recompensa.

 

É bom lembrar que estar aberto a aceitar riscos não corresponde necessariamente a estar
disposto a perder. As pessoas ricas correm riscos calcu lados. Isso quer dizer que elas pesquisam,
realizam as análises necessárias e tomam decisões baseadas em fatos e informações sólidas. Mas
será que passam a vida inteira se informando? Não. Elas fazem o que está ao seu alcance, no menor
tempo possível, e tomam a decisão calculada de ir à luta ou não.

 

Embora digam estar se preparando para uma oportunidade, o que as pessoas de mentFalidade
pobre geralmente fazem é marcar passo. Morrendo de medo, levam semanas, meses e até mesmo
anos a fio pensando no que fazer e, quando decidem, a oportunidade já desapareceu. Então elas se
justificam dizendo: “Eu estava me preparando.” Com certeza, mas, enquanto se preparavam, o sujeito
rico entrou em cena, saiu de cena e ganhou mais uma fortuna.

 

Sei que pode parecer estranho o que vou dizer, considerando quanto valorizo a responsabilidade
do indivíduo para consigo mesmo. Realmente acredito que o que as pessoas chamam de sorte está
associado ao enriquecimento e ao sucesso em qualquer campo.

 

No futebol, um time pode ganhar o jogo porque o goleiro da outra equipe engole um frango
faltando menos de um minuto para o fim da partida. No golfe, pode ser uma tacada mal dada que bate
numa árvore e volta para o green a 10cm do buraco.

 

No mundo dos negócios, você já deve ter ouvido falar de alguém que aplicou dinheiro num
terreno da periferia e 10 anos depois surgiu um conglomerado que decidiu construir ali um shopping
center ou um edifício de escritórios. Esse investidor ficou rico. Terá sido uma brilhante jogada
comercial ou pura sorte? O meu palpite é: um pouco das duas coisas.

 

A questão, porém, é que a sorte – ou qualquer coisa do gênero – não cruzará o seu caminho se
você não executar uma ação. Para ter sucesso financeiro, primeiro é necessário que você faça algo,
compre algo ou comece algo. E depois disso? Terá sido a sorte, o universo ou um poder superior que
o terá ajudado com um milagre por sua coragem e por seu compromisso de ir à luta? Na minha
opinião, tanto faz. Apenas acontece.

 

OS SEGREDOS DA MENTE MILIONÁRIA
T. Harv Eker

Inscreva-se na rede e faça download do Livro Gratuitamente.


  • 0

Bill Gates acredita que não haverá países pobres até 2035

Tags : 

O homem mais rico do mundo revelou hoje na sua carta anual que nas próximas duas décadas deixará de haver países pobres.

Bill GatesBill Gates, o homem mais rico do mundo e dono da Microsoft, disse hoje que até 2035 nenhuma nação será tão pobre quanto qualquer uma das 35 que o Banco Mundial classifica actualmente como de baixos recursos, mesmo ajustando a inflação.

Na carta anual publicada hoje no site da Fundação Bill & Melinda Gates, o multimilionário diz que a maioria dos países terá um PIB per capita em 2035 maior do que tem hoje a China.

Para Bill Gates, há “três mitos” que bloqueiam o progresso dos pobre : os países pobres estão condenados a ficar pobres; a ajuda externa é um grande desperdício; e salvar vidas leva ao excesso de população.

“Acreditar que o mundo está a ficar pior, que não podemos resolver a extrema pobreza e a doença, não é apenas um erro. É prejudicial “, escreve Gates. “O mundo está melhor do que nunca. Em duas décadas, será melhor ainda”, diz.

 

A Fundação Gates já distribuiu 28,3 mil milhões de dólares em doações desde 1997 para financiar projectos em programas de saúde e de desenvolvimento e de educação global nos EUA, segundo o site da organização.

 

Fonte:

http://economico.sapo.pt/noticias/bill-gates-acredita-que-nao-havera-paises-pobres-ate-2035_185565.html


  • 0

Os Segredos da Mente Milionária

Tags : 

 

Assim como um grande número de pessoas, sempre tive muito potencial, mas os resultados que conseguia eram poucos. Lia todos os livros, assistia a todos os seminários sobre como prosperar.

Eu queria muito ser bem-sucedido. Não sabia exatamente se era por causa do dinheiro, da liberdade, do sentimento de realização ou apenas para provar a minha capacidade aos meus pais. De qualquer modo, vivia obcecado com a idéia de ser “um sucesso”. Entre os 20 e os 30 anos de idade, comecei vários negócios, sempre com o sonho de fazer fortuna, no entanto os meus resultados foram de fracos a péssimos.

Eu trabalhava sem parar, porém não decolava. Sofria da “doença do monstro do lago Ness”:
embora ouvisse falar muito dessa coisa chamada lucro, nunca conseguia vê-lo. E pensava: “Se eu montar o negócio certo, se pegar uma onda boa, me dou bem.” Mas estava errado. Nada dava certo.., pelo menos para mim. E foi a última parte dessa frase que acabou chamando a minha atenção.

Por que outras pessoas que atuavam no mesmo ramo estavam conseguindo ter sUCeSsO e eu continuava quebrado?

Tratei, então, de fazer um rigoroso exame de consciência. Analisando as minhas crenças,
observei que, apesar de dizer que queria ficar rico, eu tinha certas inquietações enraizadas a respeito do dinheiro.

Acima de tudo, sentia medo. Temia fracassar, ou pior, ter sucesso e acabar perdendo
tudo. Nesse caso, eu seria realmente um panaca. Pior, destruiria a única coisa que soprava a meu favor: a lenda de que eu tinha um grande potencial. E se eu descobrisse que não possuía as qualificações necessárias e estava condenado a uma vida de trabalho duro?

Depois, por sorte, recebi conselhos de um amigo da família, um homem extremamente rico. Ele foi à casa dos meus pais jogar cartas e notou a minha presença. Na época eu estava morando na “suíte do andar de baixo”, também conhecida como o porão. Era a terceira vez que eu voltava para casa. O meu pai deve ter falado com esse amigo sobre a minha lamentável existência porque, quando ele me viu, tinha nos olhos aquela simpatia normalmente reservada aos parentes de um morto.

Ele disse:
– Harv, eu comecei igual a você: um desastre completo.
“Fantástico, isso faz com que eu me sinta bem melhor”, pensei.
Mas, antes que pudesse dizer qualquer coisa, ele prosseguiu:
– Mas recebi um conselho que mudou a minha vida e eu gostaria de transmiti-lo a você. Harv, se as coisas não estão indo como você gostaria, isso quer dizer apenas que há algo que você não sabe.

Na época eu era um jovem arrogante e achava que sabia tudo.
Porém – ai de mim – a minha conta bancária mostrava o contrário.
Comecei a prestar atenção. Ele continuou:
-Você sabia que a maioria das pessoas ricas pensa mais ou menos da mesma forma?
Eu disse:
– Não, nunca observei isso.
Ao que ele respondeu:
– Isso não é ciência exata, mas quase todos os ricos pensam de um jeito completamente
diferente das outras pessoas. O modo de pensar determina as ações dos indivíduos e,
conseqüentemente, os seus resultados. Você acredita que. se pensasse como os ricos e agisse como eles, conseguiria enriquecer tambem?
Lembro-me de ter respondido com a confiança de uma bola murcha:
– Acho que sim.
– Então – ele explicou -, tudo o que você precisa fazer é copiar o modo de pensar dos ricos.
Cético como eu era na época, perguntei:
– E no que você esta pensando neste momento?
A sua resposta foi:
– Estou pensando que os ricos cumprem os seus compromissos, e o meu neste momento é com o seu pai. As pessoas estão me esperando para jogar. A gente se ve.

E foi embora. Mas as palavras dele ficaram na minha cabeça.
Como nada estava dando certo para mim, pensei: “Por que não fazer o que ele disse?” E me
dediquei de corpo e alma ao estudo dos ricos e do seu modo de pensar. Aprendi tudo o que podia sobre o funcionamento da mente humana, mas me concentrei principalmente na psicologia do dinheiro e do sucesso.

Descobri que, sim, era verdade: os ricos pensam de um modo diferente das pessoas que não possuem dinheiro e até das que têm uma vida confortável em termos financeiros. Acabei
tomando consciência de como os meus pensamentos me empurravam para longe da riqueza.E o mais importante: aprendi técnicas poderosas de recondicionamento mental para passar a pensar da mesma forma que eles.

Até que um dia decidi: “Chega de teoria, agora vou colocar isso em prática.” Resolvi tentar outro negócio. Como estava envolvido com a área de saúde e exercícios físicos, abri uma das primeiras lojas de equipamentos de ginástica da América do Norte. Mas não tinha dinheiro, então precisei fazer um empréstimo de US$ 2 mil no cartão de crédito para abrir a empresa. Comecei a aplicar o que havia aprendido, copiando as estratégias de negócios e o modo de pensar das pessoas ricas.

O meu primeiro passo foi me comprometer a fazer sucesso e a jogar para vencer. Jurei manter o foco e jamais considerar a hipótese de sair do ramo antes de ficar milionário, quem sabe até mais do que isso. Era um comportamento radicalmente diferente das minhas iniciativas anteriores. Por pensar sempre no curto prazo, eu me desviava do rumo quando aparecia uma boa oportunidade ou me desinteressava quando as coisas iam mal.

Comecei a contestar também a minha atitude mental sempre que tinha pensamentos negativos ou contraproducentes na área financeira. No passado eu costumava acreditar que o que a minha mente dizia era verdade. Mas havia aprendido que, muitas vezes, a minha própria mente era o meu maior obstáculo ao sucesso. Decidi desprezar os pensa mentos que não reforçassem a visão que eu possuia da riqueza. Apliquei todos os princípios que você vai aprender neste livro. Se deu certo? E como!

O meu negócio fez tanto sucesso que abri 10 lojas em apenas dois anos e meio. Depois, vendi metade das ações da empresa para uma grande companhia por US$ 1,6 milhão e me mudei para a ensolarada San Diego, na Califórnia. Tirei dois anos para aperfeiçoar as minhas estratégias e começar a prestar consultoria de negócios a clientes em sessões individuais.

Acredito que esse trabalho tenha sido bastante eficaz, pois essas pessoas começaram a levar amigos, parceiros e sócios às reuniões.

Em pouco tempo, passei a orientar 10, às vezes 20, clientes ao mesmo tempo.
Um deles sugeriu que eu abrisse uma escola. Considerei a idéia excelente. Fundei a Street Smart Business School e ensinei a milhares de pessoas estratégias práticas de negócios para fazer sucesso em alta velocidade.

Enquanto eu viajava realizando seminários, percebi algo Curioso. Às vezes, duas pessoas se
sentavam lado a lado na sala e aprendiam exatamente os mesmos princípios e estratégias.

Uma delas utilizava essas ferramentas e subia como um foguete rumo ao sucesso. A outra, porém, não alcançava praticamente nenhum resultado.

Ficou óbvio que, mesmo de posse das ferramentas mais espetaculares do mundo, a pessoa terá grandes problemas se houver um pequeno vazamento na sua “caixa de ferramentas”, isto é, na sua cabeça.

Por causa disso, formulei um programa chamado Seminário Intensivo da Mente Milionária, que se fundamenta no jogo interno do dinheiro e do sucesso. A combinação do jogo interno (a caixa de ferramentas) com o jogo externo (as ferramentas) fez com que os resultados de quase todos os participantes melhorassem extraordinariamente.

É isto o que você vai aprender neste livro: como dominar o jogo interno do dinheiro para ser bem sucedido nele – isto é, como pensar da mesma forma que as pessoas ricas para ficar rico também.

Costumavam me perguntar se o meu sucesso era “fogo de palha” ou uma conquista sólida. Vou expor a questão da seguinte maneira: usando os mesmos princípios que ensino, ganhei muitos milhões de dólares e me tornei multimilionário. Quase todos os meus negócios e investimentos vão de vento em popa. Há quem diga que eu tenho o “toque de Midas”, porque tudo o que toco vira ouro.

Essas pessoas estão certas, mas o que talvez elas não percebam é que o toque de Midas é apenas outra maneira de mencionar um “modelo financeiro” programado para o sucesso – exatamente o que você terá quando aprender esses princípios e colocá-los em prática.

No começo de cada Seminário Intensivo da Mente Milionária, eu geralmente pergunto aos
participantes: “Quantos de vocês vieram aqui para aprender?” Essa pergunta é uma pegadinha porque, como diz o escritor Josh Billings: “Não é o que não sabemos que nos impede de vencer – o nosso maior obstáculo é justamente o que já sabemos.” Este livro é mais sobre “desaprender” do que sobre aprender. É essencial que você reconheça até que ponto os seus velhos modos de pensar e agir o conduziram à situação em que você está agora.

Se você já é verdadeiramente rico e feliz, ótimo. Caso contrário, eu o convido a considerar
algumas possibilidades que podem não se adequar ao que você pensa que é certo ou apropriado para a sua situação.

 

 


  • 0

O Direito de Ser Rico

Tags : 

Capitulo 1 – O Direito de Ser Rico

Wallace D. Wattles, A Ciência para Ficar Rico
O Direito de Ser Rico

“Os que rejeitam o alimento do saber são como os que morrem afogados por recusar a corda que lhes é estendida”. A. Shiva

O que quer que se diga em louvor da pobreza, é falso!

Não é possível chamar vida onde não existe prosperidade e sucesso, e para isso, tem que existir riqueza. Rico é aquele que nada lhe falta para desenvolver os talentos recebidos à nascença. Todo aquele que não os desenvolve é indolente.

Mas para desenvolver os talentos é preciso dinheiro.

Vivemos numa sociedade em que o dinheiro é PODER.

Para poder adquirir o necessário para o nosso desenvolvimento mental, espiritual e físico, é necessário dinheiro.

Por essa razão, a base de toda a evolução é a ciência para enriquecer.

O objetivo da vida é o progresso, e tudo o que vive tem o direito inalienável à evolução que é capaz de ter. O direito à vida é o direito de ser livre para usar, incondicionalmente, todas as coisas necessárias ao seu total desenvolvimento mental, espiritual e físico; ou seja, o direito de ser rico.

Não se fala de riqueza no modo figurado, pois ser realmente rico significa não ficar satisfeito ou contentar-se com pouco. Ninguém deve ficar satisfeito com pouco se for capaz de usar e de apreciar mais. A natureza é vida em constante prosperidade, e todos devem ter tudo o que possa contribuir para o bem-estar, saúde, elegância, e beleza. Felicidade é isso: Ser Rico.

Ficar satisfeito com pouco é pecaminoso.

Ser Rico é viver a vida que somos capazes de viver.

A vida progrediu e avançou tanto, e tornou-se tão complexa, que mesmo o homem ou a mulher mais simples precisam de uma grande quantidade de riqueza, a fim de viver num mundo que, ao menos, os aproxime da plenitude.

Todos pretendemos, naturalmente, ser tudo o que somos capazes de Ser. Este desejo desenvolve possibilidades inatas, e é inerente à natureza humana; não podemos evitar querer ser tudo o que Podemos Ser.

O sucesso é: realizar e desenvolver tudo o que desejamos Ser.

Atingimos os nossos objetivos – sendo o que queremos Ser – usando coisas; e para as obtermos precisamos de dinheiro, Certo? O rico tem dinheiro, Certo? Querer Ser Rico é Ser Inteligente; é a forma de ter acesso às coisas que necessitamos para desenvolver os nossos talentos, Certo?

Alguém tem alguma coisa contra o Querer Ser Rico?

Quem é que não quer Ser Rico?

Estudar a ciência para enriquecer, é SER Inteligente.

Conhecer a ciência para enriquecer é o mais básico dos conhecimentos. 

Não há nada de errado em querer ser rico. O desejo de riqueza é na verdade o desejo por uma vida mais produtiva, mais próspera, e mais abundante. E esse desejo é louvável. A pessoa que não deseja viver com mais abundância é anormal, assim como a pessoa que não deseja ter o dinheiro bastante para comprar tudo o que quer também o é. Existem três motivos para os quais nós vivemos: nós vivemos para o corpo, vivemos para a mente e vivemos para a alma. Nenhum deles é melhor ou mais sagrado do que o outro; todos são igualmente desejáveis, e nenhum dos três – corpo, mente ou alma – pode viver completamente se qualquer uma das outras partes for suprimida da plena expressão.

Não é certo ou louvável viver somente para a alma e negar a mente ou o corpo, e é errado também viver para o intelecto e negar o corpo ou a alma. Nós todos estamos familiarizados com as indesejáveis consequências de viver para o corpo e negar a mente e a alma; e nós vemos que viver realmente significa a plena expressão de tudo o que uma pessoa pode levar adiante através do corpo, da mente e da alma. Seja o que for que possamos dizer, ninguém pode ser realmente feliz ou satisfazer-se sem que o corpo viva plenamente, em cada uma das suas funções, e o mesmo acontece para a mente e para a alma. Onde quer que exista uma possibilidade suprimida ou uma ação não executada, existe um desejo insatisfeito.

O desejo é a capacidade à procura de expressão, e ação à procura de desempenho. Uma pessoa não pode viver plenamente sem um bom alimento, roupa confortável, abrigo aconchegante, e livre do excesso de trabalho. O descanso e o lazer são também necessários à vida física. Ninguém pode viver a plenitude mental sem os livros e tempo para estudar, sem ocasião para as viagens e a contemplação das maravilhas, ou sem parceiros intelectuais.

Para viver a plenitude mental é necessário descanso intelectual, convivência com objetos de arte e beleza, e tudo o que somos capazes de usar e apreciar. Para viver a plenitude da alma, devemos Ser Amor, e a expressão plena do amor é negada pela pobreza.

A maior felicidade de uma pessoa é encontrada na concessão de benefícios àqueles que ama; o amor encontra a sua expressão mais natural e mais espontânea no gesto da doação. O indivíduo que não tem nada para doar não pode assumir o seu lugar como um esposo, um pai, um cidadão ou como ser humano.

É no uso das coisas materiais que se encontra o equilíbrio físico, e se desenvolve a mente e a alma. É perfeitamente normal o desejo de ser rico – “Ter vida em abundancia”, como disse o Nazareno.

Ser Rico é ter o Corpo, a mente, e a alma, plenamente desenvolvidos.

Naturalmente é de importância capital um indivíduo ser rico. É verdadeiramente honesto o desejo de Ser Rico. Um homem ou mulher normal não o pode evitar.

É completamente correto que se queira dar a maior e melhor atenção ao estudo de ser rico, porque é o mais urgente, o mais nobre e o mais necessário de todos os estudos.

Se negligenciar este estudo nego o meu dever para com Deus, para comigo mesmo, e para com a humanidade, porque não podemos legar à humanidade ou a Deus, serviço maior do que dar o melhor de nós mesmos.

Wallace D. Wattles, A Ciência para Ficar Rico


  • 0

A MENTE MILIONÁRIA

Mente Milionária

Iniciámos á cerca de 4 meses as vídeo-conferências na sala da Mente Milionária. Tudo começou com um sonho: o de poder chegar a um número cada vez maior de pessoas que precisam de ajuda, de uma forma Fácil, Gratuita, Rápida, Eficiente e Global.

Sabendo que existe a Solução Perfeita e Criativa para todo e qualquer problema, “caiu-nos no colo” as salas de vídeo-conferência.

O seu sistema é muito simples; as salas podem ser abertas em qualquer lado do mundo, e qualquer pessoa pode entrar e partilhar, e deste modo construir o seu bem-estar. Neste caso, mais direccionado às questões Financeiras. Temos outras salas, e certamente teremos outras mais, pois temos assistido ao milagre das salas.

Eu própria tenho vindo a assistir a milagres na minha vida, tanto a nível interior como exterior, tenho sentido grandes evoluções em todas as áreas, emocional, mental, física e espiritual, e tenho também assistido a Milagres na vida de quem tem participado destas vídeo-conferências.

Estas salas possuem um potencial incrível, quanto mais lido com elas mais o sinto; esta é uma bênção enorme da internet: através dela, com esta ferramenta Maravilhosa, podemos operar grandes mudanças, criando riqueza em todas as áreas da nossa vida!

Estas vídeo-conferências têm como base o Livro A Mente Milionária de T. Harv Eker, e desta forma começou-se por partilhar experiências tendo como fio condutor os exercícios propostos pelo autor.

Numa procura em evoluir e criar riqueza, em alturas em que a maioria se concentra naquilo a que chamam crise, viemos dar o nosso testemunho de uma das bênçãos, que este estado de transição em que vivemos, gerou.

Uns falam em crise, e vêm as suas vidas se destruindo cada vez mais; outros abraçam a mudança, dançando ao sabor do vento, abraçam as oportunidades e sentem-se cada vez mais Ricos, a cada dia que passa!

É tudo uma questão de escolha, é tudo uma questão de perspectiva: será que o copo está meio cheio ou meio vazio?

Se a sua vida está de pernas para o ar, se sente que chegou a um desgoverno a nível Financeiro, ou mesmo se procura o Amor, a Felicidade, a Paz – se procura enriquecer em todas as áreas da sua vida – então você Agora tem a escolha!

Dê uma oportunidade a si mesmo(a) e venha assistir a uma sessão de Vídeo-conferência, na Sala da Mente Milionária!

Venha testemunhar e sentir este milagre, esta Bênção!

Estamos a um clique de si!

Não se esqueça: nada é o que parece! E tudo o que a vida nos dá é para nossa Felicidade, Sucesso e Riqueza!

Obrigado!

Obrigado Salas de Vídeo-conferência, Obrigado Mente Milionária!

Link da sala:

Sala da Mente Milionária http://www.gvolive.com/conference,96683871

Confira os horários de abertura da Sala em:

http://solucoesperfeitasecriativas.ning.com/profiles/blog/list

Elisabete Milheiro

 


compre-aqui o Manual
Dezembro 2016
S T Q Q S S D
« Abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Sim, é possivel criar uma vida nova!!!