vida

A Humanidade vive uma hipnose profunda; por um lado usa telemóveis 3G, banda larga e toda a espécie de tecnologia de ponta, enquanto por outro, se droga com toda a espécie de alteradores de humor, na fuga apavorada da vida.

O paradoxo!

Usam-se todos os meios: Droga, Álcool, Sexo, Internet, Relações, Compras, etc., etc., etc., etc. Quase tudo serve, para não sentir… Não sentir a vida! Com a desculpa de ser “normal”, carregamos as máscaras, que mais se adaptam à situação do momento. Um embuste! Para se ser aceite, e fazer parte do grupo maioritário. Usa-se a máscara que convém no momento, na esperança que nos deem, valor.

Todos temos medo! Cada um de nós sabe que tem medos. Mas não sabe que o outro também tem medo. Temos medo de ver! Temos medo de ver a beleza da vida. Temos medo de viver num mundo de Amor. É irracional! Mas prefere-se viver na mentira do que reconhecer o medo. De que tenho medo? Tudo serve na fuga desenfreada da vida, tornando-nos por força do hábito, cadáveres volúveis, em constante deterioração.

Porquê essa atitude demente?

 Que força é essa, que nos impede de sentir o que existe de mais belo e sublime, a vida?

 A vida é energia Divina, presente em tudo, envolve tudo penetra em tudo, é tudo! Todos fazemos parte deste mar imenso, onde nos encontramos inseridos: a VIDA!

A vida é um momento contínuo de escolha. Escolha viver!

Vamos viver; façamos da vida uma festa! É hora de ter coragem para ser feliz!

A vida é o queremos que seja. O que eu decido que seja!

A vida é o universo em movimento. Façamos hoje de cada passo um movimento de alegria; cada palavra, uma palavra de alegria; cada gesto, um gesto de alegria; cada pensamento, um pensamento de alegria.

A VIDA É UMA FESTA!

É uma questão de escolha e de agir apesar do medo.

António Shiva