Diário de um louco!

  • 0

Diário de um louco!

 

Diário de um Louco

“Acordei de ressaca; Sentindo-me o pior ser do universo – um dilacerante Mal-estar, invade-me. Depois do primeiro gole, o tremor tende a desaparecer. Ansiedade atende a acalmar”. o encantado mundo da Droga

Ainda faço afirmações com a intenção de me convencer. Esta é a verdade. Uma coisa é saber como tudo funciona e basta-me para isso, ter a noção clara do computador que estou a usar, ou da informação que posto em um blog. Para saber que tudo é onda.

Essa é verdade

Todos que navegam na internet, sabem que toda a matéria que recebem tanto por um simples email ou por pesquisa, navega através de ondas até ao computador onde está a ser utlizada essa informação.

Mas o internauta ainda sabe mais, uma mesma matéria, por exemplo um livro eletrónico, pode estar a ser usado simultaneamente por um número infinito de internautas. Independentemente do lugar em que se encontre o utilizador.

Então se tudo é onda, no mundo encantado da Internet, tudo pode acontecer, e qualquer um pode fazer o milagre da multiplicação. Até parece, que temos vidas paralelas.

Vivemos vidas paralelas

Quando ao por em pratica fora do computador, do telemóvel, do GPS, do cartão de crédito, de um infinito numero de utensílios que usamos a cada momento.

Vejamos o 3º Capitulo despe genial livro editado pela primeira vez em 1910 e que agora em plena época da informação tanta alma de Deus rejeita.

Entre dentro da nova Era

A Oportunidades Pode Ser Roubada?

Ninguém permanece pobre porque alguém roubou a riqueza e fechou-a dentro de uma cerca. Até podemos estar excluídos de negócios em certas áreas, mas existem outras portas abertas para todos.

As oportunidades fluem conforme as necessidades coletivas do momento.

Em períodos diferentes o fluxo de oportunidades segue em sentidos diferentes.

As oportunidades estão presentes e permanentes, para quem seguir a corrente em vez de tentar remar contra ela.

É falso que os trabalhadores como indivíduos ou classe estão excluídos de oportunidades.

Os trabalhadores não são “subjugados” por seus patrões; não são “esmagados” pelas grandes companhias.

Como uma classe, estão onde estão porque pensam e fazem as coisas de uma certa maneira.

Só deixarão de Ser e Ter o que Têm quando mudarem a maneira de pensar e de fazer as coisas.

A classe trabalhadora pode transformar-se em classe empregadora assim que começar a fazer as coisas de uma certa maneira.

A lei da riqueza é igual para todos: o mundo que se cria na mente é o mundo que se manifesta materialmente.

A Lei da Riqueza é tão infalível como a Lei da matemática e governa todos os seres humanos, feitos da espécie Divina. Tudo o que temos e somos no momento é fruto desta lei.

No dia em que for conhecida e aplicada corretamente, a terra mudará.

A história da humanidade dividir-se-á em duas épocas distintas: antes e depois do conhecimento desta lei.

Assim como antes e depois de Isaac Newton ou de Jesus O Nazareno.

É isto que devemos saber, caso contrário permaneceremos onde estamos e continuaremos a fazer o que fazemos.

Entretanto, os trabalhadores e a sua classe, mantêm-se dependentes pela ignorância desta lei.

Mas eles podem seguir a corrente das oportunidades e enriquecer, libertando-se da ignorância, e este livro diz-lhes como.

Ninguém permanece pobre por existir uma limitação na fonte de riqueza; permanece-se na pobreza por ignorância!

Há mais do que o suficiente para todos. Um palácio pode ser construído para cada família da terra, só com o material disponível, tanto na Europa como nos EUA ou na China; e com a agricultura intensiva, qualquer destes países produziria lãs, algodão, linho e seda bastante para vestir cada pessoa no mundo com roupas mais finas que as de Salomão em seus dias de glória, e o bastante para alimentá-los luxuosamente.

A fonte visível pode ser considerada inesgotável mas a fonte invisível não deixa dúvidas.

Tudo o que se vê na terra é feito de uma substância original, da qual todas as coisas procedem. Novas formas vão sendo feitas constantemente, e as mais antigas dissolvem-se; mas todas são formas assumidas por uma única matéria. Ninguém é mantido na pobreza por uma limitação na fonte de riqueza; há mais do que o bastante para todos.

Não há limite para a fonte de matéria amorfa, ou substância original. O universo é feito dela. Os espaços dentro, através, e entre as formas do universo visível são permeados e preenchidos com a substância original – a matéria amorfa. Somos um universo de matéria inteligente auto-se-multiplicando.

Com a matéria essencial de toda a criação, pode ainda ser feito dez mil vezes o que já foi feito, e mesmo assim não será esgotada.

Ninguém é pobre, porque a natureza é pobre ou porque não existe abundância á sua volta.

A natureza é um celeiro inesgotável de riquezas, a provisão nunca acaba. A substância original está viva. A energia criativa está constantemente a produzir mais formas.

Se a fonte da matéria-prima se esgotar, mais será produzido. Se o solo se esgotar de forma que a matéria-prima para o alimento e vestuário não possam crescer, ele será renovado e mais solo surgirá.

Quando todo o ouro e prata forem retirados da terra, estando a humanidade num estádio de desenvolvimento social que necessite desses metais, mais será produzido pela matéria amorfa. A matéria amorfa responde às necessidades da humanidade; não deixa o mundo ficar sem reservas suficientes para a segurança do ser humano. Isto é também verdade para cada um de nós, independente do credo, raça ou condição.

A Matéria amorfa é vida inteligente!

A humanidade é sempre abundantemente rica, e se alguns indivíduos são pobres é porque não seguem uma certa forma de fazer as coisas, o que os tornaria indivíduos ricos.

A matéria amorfa é inteligente, é matéria pensante; está viva e é impelida sempre para mais vida.

O impulso natural essencial à vida é procurar viver mais; é natural da inteligência ampliar-se, e da consciência procurar estender seus limites e encontrar a expressão plena.

O universo foi feito pela substância viva amorfa que toma forma a fim de se Auto expressar mais plenamente.

O universo é uma presença viva em movimento constante, para mais vida e melhor vida.

É essa a sua ação.

A natureza altera-se para a plenitude da vida; é essa a força motriz que a impele à prosperidade na vida. Por causa disto, tudo o que possa incrementar a vida é fornecido em abundância.

Não pode haver carência, ou Deus contradiz-se, anulando o seu próprio trabalho.

Não se é pobre por existir uma limitação na fonte de riqueza. É um facto que será mostrado mais adiante: os recursos da fonte amorfa estarão no comando do homem ou da mulher que agirem e pensarem de uma certa maneira.

Leia mais deste livro aqui

 

 


Leave a Reply

Sim, é possivel criar uma vida nova!!!