CELULITE

A CELULITE

 

Bloqueio físico

É um problema predominantemente feminino. Afecta principalmente o pescoço, o tronco, as nádegas, as coxas e levanta problemas de ordem estética. É uma inflamação do tecido celular que pode traduzir-se por um endurecimento doloroso da região atingida. Reconhece-se a celulite quando a região afectada se assemelha a pele de laranja, e ao apertar-se apresenta crateras e intumescências. Ao toque, descobrem-se estruturas granulosas. com placas duras.

 

Bloqueio emocional

Esta doença é, em geral. um bloqueio da criatividade da pessoa que se encontra afectada. Tem de ver qual a região atingida para saber em que domínio a sua criatividade está suspensa e verificar depois neste livro o que essa região significa. É ,uma pessoa que se retém demasiado, que não tem bastante confiança em si.
Além disso, como o lado estético esta afectado por esta doença, a pessoa atingida preocupa-se demasiado com o que os outros pensam dela. É facilmente influenciável e abstém-se de passar à acção para exprimir a sua criatividade. Tem medo de se mostrar tal como é, de mostrar o seu grande poder de criar.
A celulite pode também indicar que a pessoa vive muitas emoções porque desejaria controlar os que lhe estão mais chegados, mas, não querendo que os outros notem o seu desejo de controlar, contém-se e guarda as emoções no seu íntimo. Endurece face a certas situações, pois quer acreditar que isso não a perturba.

 

Bloqueio mental

A pergunta que deves fazer é: “Por que tenho medo de fazer valer a minha criatividade? Tenho medo de chamar a atenção com os meus talentos, de mostrar tudo o que posso fazer? Tenho medo de não estar à altura da situação? Acho-me uma pessoa mole?” O que não é benéfico para ti é o facto de, ao conteres-te, quereres também deter os outros. Isso faz-se muitas vezes de uma maneira inconsciente.
Deves pôr de lado o passado que te impede de viver plenamente o momento presente. Podes permitir-te ser bastante especial para mostrares a tua força, aceitar receber cumprimentos e ser admirada pelo que és, com todos os seus talentos. Ler ainda a página 22.

Do livro: Bourbeau L.  O teu corpo diz “ama-te”: A metafísica das doenças e do mal-estar.  Cascais: Pergaminho; 2002.

 

Nota:

 

A informação contida nesta página, não substitui a opinião de um técnico de saúde. Para um acompanhamento mais personalizado contacte as Terapias Online, ou, Questão ao Naturopata, ou,  A Saúde Quântica Responde, ou, “A Saúde Integral tem a Solução”.

 

 

Pin It on Pinterest

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar no nosso site consente a utilização dos mesmos. Saiba mais sobre os cookies aqui

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close