O Estado do Corpo e os Pensamentos e Emoções

  O Estado do Corpo e os Pensamentos e Emoções   Uma visão clara e realista consiste em considerar o corpo como um instrumento colocado à nossa disposição. Esse instrumento funciona graças a uma manutenção precisa que convém seguir para o conservar em bom estado....

read more

Os Complementos Alimentares

  b) Os complementos alimentares A utilização de pólen, de levedura de cerveja, etc. permite acelerar o processo de cura. As fortes concentrações de vitaminas e minerais que estes produtos contêm e a sua fácil assimilação ajudam a satis­fazer as carências muito...

read more

Satisfazer as Carências

Satisfazer as Carências O organismo doente, para além de se encontrar sobrecarregado de resíduos, tem também carências de numerosas substâncias nutritivas: minerais, vitaminas, oligoelementos, etc. Fornecer-lhe estas substân­cias de que carece permitir-lhe-á reparar...

read more

Suprimir a Poluição Alimentar e Medicamentosa

Esgotar a fonte das sobrecargas   d) Suprimir a poluição alimentar e medicamentosa Os doentes estão envenenados pelos resíduos, e o seu organismo encontra-se muito sensível a qualquer nova intoxicação, contra a qual não pode lutar. Torna-se, pois, indispensável...

read more

Suprimir os Excitantes

Esgotar a fonte das sobrecargas   c) Suprimir os excitantes O esgotamento da fonte de sobrecargas obriga, também, a que se suprimam todos os excitantes, que normalmente se consomem sem pensarmos que as suas propriedades advêm dos venenos que contêm, venenos...

read more

Procurando os melhores Alimentos

Esgotar a fonte das sobrecargas Procurando os melhores Alimentos b) Regular qualitativamente Frequentemente, consumimos de forma exagerada certo tipo de alimento ou desdenhamos outro, completamente. Por exemplo, a car­ne está presente em todas as refeições e, ao longo...

read more

Defender o corpo das sobrecargas

Esgotar a fonte das sobrecargas Defender o corpo das sobrecargas Drenar os resíduos para fora do corpo não conduziria a lugar algum se, ao mesmo tempo, permitíssemos a entrada de novos resíduos. Ora bem, ao longo do dia novos resíduos podem penetrar no nosso corpo,...

read more

O Aumento das Combustões

O Aumento das Combustões Aumentando-se as combustões, a "queima" dos resíduos é proces­sada no mesmo lugar, o que representa uma vantagem segura. O corpo apenas terá que eliminar as suas "cinzas", ou seja, resíduos muito mais pequenos e mais fáceis de transportar. Com...

read more

Depuração dos tecidos

Depuração dos tecidos Aceleração das Trocas A prática de um desporto como a bicicleta, a corrida de fundo, montanhismo, etc, provocam um fluxo profundo dos líquidos orgânicos, devido ao esforço físico. As contracções musculares repetidas provocam a compressão dos...

read more

A Purga dos Pulmões

A Purga dos Pulmões Os pulmões estão concebidos para expulsar, sobretudo, resíduos gasosos. Qualquer actividade física que provoque um ligeiro ofegar facilita a eliminação desses gases, graças às trocas mais intensas, cuja sede reside, precisamente, nos pulmões; além...

read more

A Purga da Pele

A Purga da Pele Mediante a transpiração, o corpo expulsa (através da pele) para o exterior do orga­nismo numerosos resíduos, como poderemos aperceber-nos pelo odor da transpiração daqueles que não gozam de boa saúde. Para se depurar o meio, são necessárias sudações...

read more

A Purga dos Rins

A Purga dos Rins Os rins eliminam os resíduos filtrados mediante um suporte líquido: a urina. Um consumo insuficiente de líquido faz com que as toxinas fiquem retidas no filtro, pois carecem de um suporte que a transporte para o exterior do corpo. Portanto, torna-se...

read more

A Purga do Intestino

A purga do intestino O intestino, um tubo de sete metros de comprimento e de três a oito centímetros de largura, pode reter uma enorme massa de matérias fecais. Drenar o intestino significa desembaraçarmo-nos dessa massa, que geralmente se encontra em fermentação e...

read more

A purga do Fígado

A purga do fígado Se não houvesse mais do que um órgão a estimular, esse seria, sem sombra de dúvida, o fígado. Do seu bom funcionamento depende o funcionamento de todo o organismo. Desempenha um papel chave em todas as funções vitais. Não só filtra e elimina os...

read more

Eliminar as toxinas

Eliminar as toxinas Quando o terreno se encontra sobrecarregado de toxinas, os órgãos congestionados e o sangue impuro, os tecidos envenenados e as cé­lulas asfixiadas pelos resíduos, há apenas uma solução lógica para devolver ao corpo a sua saúde: limpá-lo. É preciso...

read more

Conselhos práticos para melhorar o seu terreno

MÉTODOS DE REGENERAÇÃO   Conselhos práticos para melhorar o seu terreno Que posso fazer para corrigir o estado do meu terreno? Esta é a pergunta que as pessoas geralmente fazem a si mesmas, depois de compreenderem o que representa para a saúde pessoal o estado do seu...

read more

OS PROCESSOS DOENTIOS

OS PROCESSOS DOENTIOS Segundo os critérios mantidos, é possível elaborarem-se listas de doenças diferentes sob o título de "doenças graves". Além disso, uma pessoa poderá curar-se de um cancro e morrer de uma "gripe má". Na realidade, o importante é mostrar que, no...

read more

A POLIARTRITE REUMATÓIDE

A POLIARTRITE REUMATÓIDE, OU POLIARTRITE CRÓNICA EVOLUTIVA   Os dois ossos de uma articulação unem-se da seguinte maneira: a extremidade convexa de um encaixa na extremidade côncava do outro. Estão envoltos por uma cobertura cartilagínea que permite o deslizamento dos...

read more

A ESCLEROSE MÚLTIPLA

  A ESCLEROSE MÚLTIPLA   A esclerose múltipla afecta o sistema nervoso central, também designado por sistema nervoso cerebroespinal, porque compreende os órgãos cerebrais - cérebro, cerebelo e bulbo raquidiano - e os órgãos espinais, como a medula espinal e todos...

read more

Porque se desenvolve o Cancro?

Porque se desenvolve o Cancro?   O Cancro Uma vez que o cancro se caracteriza por um tumor nos tecidos do doente, pareceria legítimo abordar esta doença com o estudo de uma descrição dos tumores cancerosos, mas isso significaria concentrarmo-nos numa manifestação...

read more

A VIDA SEDENTÁRIA

A VIDA SEDENTÁRIA   São tão numerosos os benefícios da actividade física que, por si sós, compensariam e suprimiriam, em parte, os efeitos nefastos dos factores de risco. O dispêndio de energias permite queimar os excedentes da sobrealimentação, activar as funções...

read more

A SOBREALIMENTAÇÃO

EM QUE CONSISTE A SOBREALIMENTAÇÃO?  "...a sobrealimentação reina em todas as camadas da população." Concretamente, o homem sobrealimenta-se de duas maneiras dife­rentes que podem acontecer em simultâneo: ou porque come dema­siado amiudadamente, ou porque come demais...

read more

As doenças graves do Coração

As doenças graves do Coração As doenças graves do sistema cardiovascular  a) Enfarte do miocárdio ou crise cardíaca  A função do coração é fazer circular o sangue, de modo a que todos os órgãos disponham dos nutrientes e do oxigénio de que ne­cessitam. Mas o próprio...

read more

Como o Sistema Cardiovascular Adoece

Como o Sistema Cardiovascular Adoece Analisando o Sistema Cardiovascular Antes de atingir o estado de lesões graves (gangrena, enfarte do miocárdio, hemorragia cerebral…), a degradação do sistema cardiovascular passa por várias etapas, caracterizadas por diferentes...

read more

As Doenças Cardiovasculares

As Doenças Cardiovasculares Definindo as doenças cardiovasculares O funcionamento normal do nosso organismo depende do bom funcionamento dos biliões de células que o compõem. Para desempe­nhar o seu trabalho, cada uma necessita de ser abastecida de oxigénio e de...

read more

Os Factores de Risco

Os Factores de Risco Analisando os factores de risco para uma doença. Tudo o que pode degradar o nosso terreno ameaça inevitavelmente a saúde que a ele está condicionada. Quanto mais importantes e numerosos os factores de degradação, mais se deteriora o terreno e...

read more

A DIABETES

  A DIABETES   A diabetes é um bom exemplo das doenças ligadas ao meio, tan­to a nível das causas desencadeantes, como da natureza dos danos e da sua evolução. Inclusivamente, o tratamento põe a nu a impor­tância do estado humoral e da higiene de vida no que respeita...

read more

O SEGREDO DE COMO CURAR-SE E MANTER-SE SAUDÁVEL

O SEGREDO DE COMO CURAR-SE E MANTER-SE SAUDÁVEL A TERAPÊUTICA E OS REMÉDIOS   Se todas as perturbações locais são o resultado do estado defei­tuoso do terreno, se as agressões microbianas também dependem das suas debilidades, o senso comum indica que a terapêutica...

read more

CURA FICTÍCIA E CURA VERDADEIRA

 ”A verdadeira cura é aquela que conduz o terreno a um estado óptimo.” CURA FICTÍCIA E CURA VERDADEIRA A Doença verdadeira encontra-se no terreno; por conseguinte, a cura verdadeira só poderá situar-se ao nível desse mesmo terreno, e nunca ao nível dos transtornos...

read more

LIMPEZA E ELIMINAÇÃO

LIMPEZA E ELIMINAÇÃO   Para manter o organismo num estado de equilíbrio conveniente e para metabolizar e absorver os nutrientes da nossa alimentação, é necessária uma eliminação adequada. Enquanto a parte superior do sistema digestivo – boca, estômago e intestino...

read more

OS EXCITANTES

OS EXCITANTES Para além dos alimentos propriamente ditos, consumimos regular­mente produtos que, erradamente, temos na categoria de alimentos. Trata-se de excitantes como o café, o chá, o cacau, a cola e o álcool. O tabaco é também um excitante corrente, mas não...

read more

OS VENENOS QUÍMICOS

OS VENENOS QUÍMICOS   Há já umas dezenas de anos que o ser humano consome e se envenena com enormes quantidades de substâncias químicas (venenos) que se encontram misturadas nos alimentos que ingere. Trata-se de uma importante fonte de contaminação do meio...

read more

Os Órgãos Excretores

AS MÁS EVACUAÇÕES Os Órgãos Excretores O nosso corpo está dotado de cinco órgãos encarregues de filtrar sangue, libertá-lo de todos os resíduos resultantes dos metabolismos e expulsá-los para o exterior. Estes cinco órgãos excretores, também ­chamados eliminadores,...

read more

A CAUSA DA CRISE

AS ATITUDES PSÍQUICAS NEGATIVAS  A CAUSA DA CRISE Por experiência, todas as pessoas experimentaram já a influência que a atitude psíquica exerce sobre o funcionamento do organismo. O simples estado de nervos que antecede os exames é suficiente para produzir...

read more

A SIDA

A SIDA  SIDA é a designação abreviada de Síndroma de Imunodeficiência Adquirida. Como o seu nome indica, esta doença caracteriza-se por uma deficiência do sistema imunológico que não é hereditária, mas sim adquirida no transcurso da vida do doente. Para que se...

read more

AS CARÊNCIAS

AS CARÊNCIAS   O corpo não contém nos seus tecidos todas as substâncias nutri­tivas de que necessitará durante a sua existência. Assim, depende, necessariamente, das coisas que provêm do exterior. Os alimentos que ingerimos devem proporcionar-nos, regular e...

read more

COMO ADOECEMOS?

COMO ADOECEMOS? Compreender de que modo se pode degradar o terreno é darmo-nos conta de que ele depende em grande parte de tudo quanto é exterior para se constituir e renovar. As substâncias nutritivas contidas nos alimentos servem para a formação das células e dos...

read more

COMO CURAR UMA DOENÇA?

COMO CURAR UMA DOENÇA? Podemos curar -nos de uma enfermidade sem necessidade de ingerir ­medicamentos; todos nós já passámos por esta situação. No entanto, quando alguém está doente, a principal preocupação é administrar-lhe um remédio. Esta necessidade de medicação a...

read more

O QUE ORIGINA UMA DOENÇA GRAVE?

O QUE ORIGINA UMA DOENÇA GRAVE?   Entre uma doença benigna e uma doença grave não existe diferença de género, mas de grau. Fundamentalmente, todas as doenças têm uma natureza idêntica. Contudo, nas doenças graves o grau de deterioração do terreno e a amplitude...

read more

O que é uma Doença?

  O que é uma Doença? Compreendendo a Doença   Que se passa, realmente, com o meu corpo? Por que motivo estou doente?   Estas são perguntas que um doente raramente faz a si mesmo. Em troca a sua atenção e a daqueles que o rodeiam está centralizada nos sintomas...

read more

Receba as nossas Novidades!

informe-se
compre-aqui o Manual
compre aqui
Holler Box

Pin It on Pinterest

Share This