EPILEPSIA

EPILEPSIA

 

Bloqueio físico

A epilepsia é uma afecção nervosa crónica, caracterizada pela repetição mais ou menos frequente de crises convulsivas, gerais ou localizadas, de desenvolvimento estereotipado. O seu aparecimento é imprevisível e geralmente de curta duração.
É chamado GRANDE MAL ou PEQUENO MAL, segundo a causa e a gravidade da doença.

 

Bloqueio emocional

A pessoa que sofre desta doença é do género de não se perdoar um passo em falso, um lapso. Tenta por todos os meios esconder os seus erros. Acusa-se muito, tendo por isso falta de amor por si mesma. Para compensar, tenta satisfazer essa falha com os outros. Tem desejos de violência interior que se voltam contra ela. Com uma crise de epilepsia, constrange-se. Em contrapartida, acontece frequentemente que, aquando das primeiras crises durante a infância, isso permitiu-lhe receber atenção e afecto, ou desviar a atenção de um dos seus passos em falso.
Pode acontecer também que esta doença tenha servido para esconder os passos em falso dos seus pais, pois o tempo utilizado a ocuparem-se dela permitia que se aproximassem.

 

Bloqueio mental

Se sofres desta afecção, o teu corpo diz-te que já é tempo de tomares consciência de que, para receber afecto ou para sentir que afectas os outros, só tens de semear esse afecto para colheres. Não tens de sofrer para o receber. Tens já mais do que julgas, mas não o vês assim.
Terias interesse em verificar junto daqueles que amas o que representas para eles. Podes permitir-te o direito de cometer erros, passos em falso, sem te culpabilizares e sem julgares que os outros já não te amam. Isso evitar-te-á continuar a viver sentimentos violentos e de raiva no teu íntimo e poderás, então, exprimir toda a doçura que te habita.

Do livro: Bourbeau L.  O teu corpo diz “ama-te”: A metafísica das doenças e do mal-estar.  Cascais: Pergaminho; 2002.

Nota:

A informação contida nesta página, não substitui a opinião de um técnico de saúde. Para um acompanhamento mais personalizado contacte as Terapias Online, ou, Questão ao Naturopata, ou,  A Saúde Quântica Responde, ou, “A Saúde Integral tem a Solução”

 

 

Partilha!