Pedra nos Rins, na visicula, e a deficiência em magnésio

 

A falta de magnésio pode causar pedra nos rins de oxalato de cálcio. A deficiência de magnésio no organismo reduz a absorção e o metabolismo do cálcio, impedindo que a quantidade correta do mineral seja direcionada à formação de ossos mais fortes. 

Mais de oitenta por cento das pessoas formam pedra nos rins de cálcio. A maioria destes têm excesso de cálcio na urina (hipercalciúria) e/ou no sangue (hipercalcemia).

O Magnésio é um elemento que participa na urina como inibidor da cristalização. Por isso, quando este se encontra inferior a 50 mg/24h (magnesiúria), a formação de cálculo poderá ser facilitada.

Apresentamos de seguida alguns comentários que temos recebido dos nossos leitores que beneficiaram com a reposição dos níveis de magnésio.

 

“Para mim funcionou! Tenho 41 anos e há 20 anos convivo com pedras nos rins. Recentemente fiquei sem emprego e sem plano de saúde. Para piorar, me deu uma crise de cólicas desde o último dia 4/2. Sem plano de saúde recorri ao SUS, e digo, foi a mesma coisa do que nada. Fui 3 vezes e o máximo que fizeram foi tratar a dor com injeções, não fizeram nem ultrassom, mesmo eu falando do meu histórico de pedras. Sem ter o que fazer, fiz um ultrassom particular, o qual foi detectado uma pedra de 9mm presa no ureter, que segundo o urologista só sairia com cirurgia. Nisso, minha querida esposa pesquisou na internet e encontrou o Cloreto de Magnésio PA. Desde quinta feira (hoje é sábado), tenho tomado 2 xícaras de café de uma solução de 33gramas de cloreto de magnésio em 1,5L de água.

Surpresa: Hoje, sábado, expeli a pedra, a qual tinha em seu lado maior com 6mm, e o lado menor com 5 mm, e não sinto nenhuma dor mais! Em 3 dias diminuiu para um tamanho suficiente para ser expelida! (justiça seja feita, também tomei bastante chá de salsa com limão, média de 3 litros por dia)

Abraços a todos e sem dores hehehehehe”

Ramon Menezes

 

“Olá a todos, ao terminar de ler diversos comentários sobre os benefícios da ingestão do Cloreto de Magnésio, senti a necessidade de narrar um pouco de minha experiência de forma sucinta. Comecei a tomar o CM após ler diversas opiniões a respeito dessa substância. Sempre tive grânulos de cálculos nos rins e após ultrassonografia também foram detectadas duas pedras na vesícula. Admito que não comecei a tomar CM por motivo dos cálculos, mas para complementação alimentar mesmo. O Interessante foi que recentemente fiz uma bateria de exames dentre eles uma nova ultra torácica. Bem, para minha surpresa não foram mais detectados os grânulos nos rins nem tão pouco as pedras na vesícula. Levando em consideração que não fiz uso de nenhum medicamento só posso acreditar que o responsável por essa verdadeira limpeza foi o CM. Realmente me fez muito bem. Abraço e Feliz Ano Novo”.

Sérgio

 

“Eu sou testemunha do bem que o Cloreto de Magnésio faz no nosso organismo, não fico mais sem usá-lo, compro de kg porque toda minha família usa diariamente. Eu sofria de vesícula preguiçosa, problemas no fígado e artéria entupida, andava um pouquinho ficava com cansaço, passava mal depois de alimentar, sem digestão e intestino muito preso desde criança. Comecei a usar e quase que imediato desinchou meu abdomen, comecei a passar bem após a alimentação. Com um mês de uso realizei novos exames e o bombeamento do coração estava perfeito sem artéria entupida, fui liberada para fazer academia. Tinha pedras nos rins que foram dissolvidas e nunca mais senti aquelas dores terríveis. Hoje sou super saudável, sem dores, alimento normal, meu intestino está regulado, não sinto mais cansaço, aumentou o meu ânimo, estou sempre disposta e feliz da vida. Minha família também.”

Cida Ribeiro

 

“Fiz uso do cloreto de magnésio por 1 mês, tomando a dose recomendada 3 vezes ao dia e expeli todas as pedras de oxalato de cálcio que se encontravam nos meus rins. Eu tinha 2 de 10mm no rim esquerdo e 1 de 6mm no rim direito e já estava com cirurgia marcada. Agora eu tomo 1 dose por dia, para evitar a formação de novas, pois eu tenho ou tinha este problema com frequência. Já havia feito 1 cirurgia a laser, antes de saber do poder do cloreto de magnésio. Funciona ! Os urologistas não acreditam ou não querem acreditar que funcione, pois eliminaria uma grande quantidade de cirurgias desnecessárias.”

Davi

 

 “Usei Cloreto de Magnésio por indicação médica de uma “Nutróloga”. Além de resolver o problema renal, tive uma redução da Pressão arterial que voltou para os níveis normais. Fazia uso de medicamentos para hipertensão há 24 anos, nenhum médico havia me dito que a causa poderia ser falta de magnésio. Sem pedras nos rins e sem hipertensão. Lí o livro: Magnésio: o que ele pode fazer por você escrito pelo Dr. Arnaldo Velloso da Costa e descobri a razão da hipertensão ter sido curada. 24 anos tomando remédio para cuidar dos sintomas sem tratar a causa da doença.”

Genival

 

“ATENÇÃO A TODOS – O Cloreto de Magnésio está para a nossa saúde assim como a Clorofila está para a planta. Deus deixou uma “árvore da vida” para nós, e ela se chama Cloreto de Magnésio PA. Meu coração batia desregular, eu tinha insónia, tomava Fluoxetina, tive começo de depressão, tinha hérnias de disco lombar e cervical, sentia dores fortes nas juntas dos pés à cabeça, os meus cabelos pararam de cair e vejo-os mais fortes, minha visão melhorou, tenho mais disposição (para o homem funciona como um viagra natural, kkk), minhas micoses das unhas dos pés estão desaparecendo, meus cálculos renais desapareceram, meu refluxo sumiu. Hoje, posso dizer que rejuvenesci uns 15 anos. Portanto, parem de perguntar se pode ou não pode tomar. A única contra indicação é para quem faz hemodiálise, e só. Eu nunca mais deixarei de tomar esse mineral.”

Paulo Lopes Fernandes

 

“É verdade o cloreto de magnésio é um santo suplemento. Eu estava com 3 pedras nos rins, uma já bastante grande que já estava por indicação médica bombardear a pedra. Soube do cloreto de magnésio PA (puro para análise)(…). Quando terminei o médico me pediu outra ultrasom e as pedras já não tinha mais, foi incrível. Encontrei com uma pessoa que já estava com cirurgia marcada para retirada de cálculo renal essa pessoa tinha muitas pedras e a cirurgia iria ser a convencional com corte. Contei para ele da minha experiência e falei com ele para tomar antes de fazer a cirurgia. E para surpresa dele o médico pediu outra ultra som e as pedras já não tinha mais. É maravilhoso serve para várias outras coisas. A única contra indicação é para quem tem insuficiência renal.”

Márcia Oliveira 

 

Agradecemos aos nossos leitores por terem partilhado as suas experiências de forma a que outros possam beneficiar de uma melhor qualidade de vida também.

Relembramos que os resultados que partilhamos no nosso site são acerca do cloreto de magnésio P.A. em sais. Porquê Cloreto de magnésio P.A.? Porque daqui se extrai todas as formas de magnésio que o organismo humano usa nas infinitas ações químicas e biológicas. Outra forma não vai repor o equilíbrio, mas somente restaurar uma carência específica.
Saiba mais informações no seguinte artigo:
http://solucaoperfeita.com/antoniotfernandes/magnesio-sal-da-vida/

 

Composto por:

Elisabete Milheiro

 

Nota:

A informação contida nesta página, não substitui a opinião de um técnico de saúde. Para um acompanhamento mais personalizado contacte as Terapias Online, ou, Questão ao Naturopata, ou,  A Saúde Quântica Responde, ou, “A Saúde Integral tem a Solução”.

 

Partilha!