O meu Treino em Gestão de Stress, que pode ser o teu, o do meu vizinho, de alguém que partilha a mesma cidade, distrito, país, continente, e, já perceberam que se tornou numa partilha mundial?

É estranha e ao mesmo tempo familiar esta consciência, de fazer parte do todo!

Paula Oliveira, Portugal (Santarém)

Meu Deus, quantas portas se abriram na minha vida!
Tenho tão presente algo que ouvi vezes sem conta, e acreditem é assim mesmo:
“Quando o aluno está pronto, o Mestre aparece”
O meu treino confirmou-me uma vez mais esta verdade, que vou partilhar convosco.

Iniciei o Treino no momento ainda não certo, eu explico, (e aqui temos outra verdade), o Treino, como tantas outras coisas na vida, não é para quem precisa, mas para quem quer. E, eu iniciei o treino num momento em que precisava de lançar mão a uma âncora, eu precisava, mas no fundo, não queria. Não era o momento certo. Interrompi no 6º dia. Culpei o computador, culpei o sistema,mas eu sabia que a verdade, o verdadeiro motivo estava dentro de mim.
Passado algum tempo, reiniciei, isto é, comecei do “zero” um novo Treino em Gestão de Stress. Era o momento certo, “o aluno estava pronto e o Mestre, esse, estava lá”, sem crítica, sem julgamento, estava lá!

Quantas portas se abriram na minha vida!

Desta vez, eu também estava, segura, confiante, de mente aberta e com uma vontade sem limites de crescer, mudar, caminhar num caminho sem volta.
A minha vida conheceu, ou relembrou a chave e o segredo do Bem Estar,  Sucesso e Riqueza.
Relembrei o meu propósito de vida, SER FELIZ. Ah!, ser feliz hoje, neste momento, em cada momento; não é amanhã, quando…e quando…e quando…é agora!
Relembrei que, eu sou a criadora da minha vida, que vida é mudança, é a acção que eu ponho em cada situação que a minha imaginação cria.
Agora, atenção, tu crias, tu és o obreiro da tua vida! “…vê lá Paula, que andas criando!…

” Tu colhes o que semeias! Tu és o único responsável pela tua vida.”

“Atrais tudo que irradias, na mesma densidade e frequência que fazes”

Então, muda velhas e obsoletas crenças e paradigmas, é hora de

CRER PARA VER

SER PARA TER

Paula Oliveira