O cálcio é essencial à formação e manutenção da estrutura óssea e dos dentes.

99% do cálcio que existe no nosso organismo encontra-se sob forma de fosfatos de cálcio, e 1% do cálcio é essencial para a coagulação sanguínea, dentro do funcionamento do coração e, ainda, dentro da excitabilidade dos nervos e dos músculos.

O cálcio está presente no sangue, no líquido extracelular, nas membranas celulares e nos organismos intercelulares.

Existem duas formas de administrar o cálcio: a forma catalítica, que visa repor diariamente as quantidades necessárias para restabelecer o equilíbrio em relação a outros sais minerais, e assim assegurar as suas funções e a função homeostásica; a outra forma de administrar o cálcio é em doses elevadas, para assim garantir ao organismo a quantidade capaz de produzir nos tecidos, onde tal for necessário, uma ação regularizadora dos metabolismos com vista a fins terapêuticos.

Indicações terapêuticas do cálcio

  •  Insónias
  •  Hipertensão arterial
  •  Osteomalacia
  •  Osteoporose
  •  Raquitismo
  •  Reumatismo
  •  Reumatismo em geral
  •  Espasmofilia
  •  Descalcificação
  • Desmineralizaçáo
  • Durante a convalescença de fracturas ósseas
  • Gravidez
  • Durante o período de aleitamento, tanto para a mãe como para o filho.

Fonte: Manual de Medicina Ortomolecular- Ana Paula Ivo
Postado por: Isabel Pato

Artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Shares
Share This