Bebidas alcoólicas são bebidas que, como o seu nome indica, contêm álcool. O álcool etílico ou etanol, molécula de fórmula química CH3 CH2 OH é o principal álcool destas bebidas, que o contêm em diferentes concentrações.

O etanol é um líquido incolor, volátil, de cheiro característico, de sabor queimoso e densidade 0,8. É miscível com a água, ferve a 78,5º e pode separar-se da água, por destilação.

As bebidas alcoólicas dividem-se em 2 grupos:

Bebidas alcoólicas fermentadas

São obtidas a partir de fermentação de açucares ( a frutose e a glicose), por ação de microorganismos chamados leveduras. Estas bebidas podem obter-se a partir de frutos, cereais, grãos, tubérculos e cactos.

São bebidas alcoólicas fermentadas:

  • o vinho > obtido por fermentação do sumo da uva. Tem graduação que vai de 8 a 13 graus. Um litro de vinho de 12 graus contém 120 ml de álcool puro, ou seja, 96 gramas de álcool;
  • a cerveja > obtida por fermentação de cereais (cevada) e aromatizada pelo lúpulo. A sua graduação varia entre 4 a 8 graus;
  • a água-pé > obtida da mistura de água e mosto já espremido. A sua graduação é de aproximadamente 2 a 3 graus;
  • a cidra > obtida por fermentação do sumo de maçã, raramente ultrapassa os 4 a 5 graus; outras bebidas provenientes da fermentação do sumo de outros frutos.

Bebidas alcoólicas destiladas

Resultam da destilação (por meio dum alambique) do álcool produzido no decurso da fermentação. Através de um processo de evaporação (seguida de condensação pelo frio) das bebidas fermentadas, podem obter-se bebidas mais graduadas.

São bebidas alcoólicas destiladas:

  • “aguardentes”/«álcoois» > bebidas com uma graduação à volta de 45 graus. Resultam da destilação de:
  • vinhos (cognac, por ex.)
  • frutos (aguardente de figo, por ex.)
  • sementes (whisky, vodka, gin, por ex.) • melaço de cana sacarina (rum).
  • «aperitivos»/licores > bebidas à base de vinhos, com maior graduação que estes (ex.: Madeira e Porto) ou de misturas de vinhos com álcool, açúcar e aromas (aniz, licores diversos), vinhos «generosos» ou vinhos «licorosos», geralmente têm graduações que vão de 15 a 20 graus.

A Graduação

A graduação é o volume, em percentagem de álcool etílico por litro de bebida. A graduação alcoólica de uma bebida é definida pela percentagem volumétrica de álcool puro nela contido.

O álcool é um produto da fermentação de açúcares de numerosos produtos de origem vegetal (frutos, mel, tubérculos, cereais) sob a influência de microrganismos, nomeadamente leveduras.

Exprime-se em graus e varia de bebida para bebida:

  • 1 litro de vinho de 12º tem 12%, 0,12 l ou 120 ml de álcool.
  • 1 litro de cerveja a 6º tem 6%, 0.06 l ou 60 ml de álcool.
  • 1 litro de aguardente de 50º tem 50% ou 500 ml de álcool.

Se misturar água ou gasosa na cerveja ou no vinho, não vai diminuir a quantidade de álcool que aí se encontra, apenas o dilui.

Pode ingerir-se a mesma quantidade de álcool ingerindo bebidas diferentes…

Em quantidade de álcool podemos dizer que:

  • 1 litro de vinho (12º) = 1/4 litro de aguardente (48º) = 2 litros de cerveja (6º)

A densidade do álcool é de 0,8, daí que :

  • 1 Litro de vinho 12º – 120 ml de álcool x 0,8= 96 gr.
  • 1 Litro de cerveja de 6º – 60 ml de álcool x 0,8= 48 gr

A quantidade de álcool por bebida que cabe em cada um dos copos onde habitualmente se serve vinho, cerveja, vinho do Porto e destilados é a mesma: de 8 a 12 gramas de álcool.

Fontes: Álcool e problemas ligados ao álcool em Portugal – Mª Lucília Mercês de Mello | José Barrias | João Breda

Pin It on Pinterest

Share This