Introdução

Introdução

Uma nova pedagogia para uma nova humanidade

Pedagogia quântica para pais, alunos e professores

“Quando deixamos de tentar tapar o sol com a peneira e somos honestos e responsáveis connosco… enxergamos quanto falhámos como pais, mestres e educadores”.

O despertar da limitação do ter para a plenitude do ser está a fazer a mudança mais profunda, excitante e desafiadora de toda a história da humanidade. Apesar de todos sabermos que a mudança passa por desmoronar os velhos sistemas social, político e financeiro, a resistência é grande e feroz, porém… inútil. Nada pode travar a evolução do ser humano e da humanidade como um todo. O mundo e a humanidade entraram numa nova era, e quanto menos se resistir à mudança mais fácil será a transição. Basta observar à nossa volta e vemo-nos num mar de jovens adultos aflitos e ansiosos no limbo da transição. Não importa o seu grau académico, a profissão que desempenhem, ou o lugar que ocupem…, por todo o lado e em todas as instituições deparamo-nos com o medo (incerteza do novo), vincado por uma gravata ou uma bata branca com cabeça erguida a tentar esconder a deceção dos sonhos tridimensionais trazidos na bagagem que não se realizam.

Como será a nova humanidade? 

Chegou a hora de guardarmos as armas e abandonarmos as nossas velhas guerras e lutas pela sobrevivência. Apesar da resistência ao novo desconhecido, o mundo caminha para o bem-estar integral, manifestado na paz interior, protagonista do paraíso na terra.

“Isaías 11 …6 O lobo conviverá com o cordeiro e o leopardo repousará junto ao cabrito. O bezerro, o leão e o novilho gordo se alimentarão juntos pelo campo; e uma criança os guiará”.

 Chega de luta e frustração! Basta de sofrimento!Estejamos atentos aos sinais emesmo que cegamente queiramos agarrar-nos às velhas ideias, a nova geração não vai permitir. Se quisermos enxergar, deparamo-nos com a crescente revolta das nossas crianças e jovens, manifestada através do desinteresse pelo programa de ensino. Não seria melhor ensinarmos-lhes o que eles querem aprender, do que querer que eles aprendam o que nós queremos que eles aprendam? Porque é que não aprendemos com a última década de licenciados? Quantos deles desempenham a profissão pelo qual estudaram e conseguiram uma licença de trabalho? É bom que meditemos sobre isso.

 Os sinais são esclarecedores do quanto a reação é imatura.

NOTA: TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade) é o nome dado às crianças e jovens que manifestam o seu desinteresse pela normalização e formatação. Infelizmente a cegueira é ainda tão grande, que em vez de entendermos que algo está mal “ no reino” e atendermos ao real interesse das nossas crianças e jovens, estimulando-os a desenvolverem os seus talentos criativos, para que no futuro sejam adultos seguros e autoconfiantes, capazes de viver uma vida plena e feliz, catalogamo-los como indisciplinados e resistentes à normalização e drogamo-los com “ritalina” de forma a que não tenham mais poder para manifestar a sua vontade.

Será que alguém tem o direito de drogar uma criança indefesa, em nome de uma normalização? O conceito de normalização aplicado ao ser humano é algo muito pouco inteligente (reflete o caos em que se encontra o velho sistema social). Só porque a criança não quer pertencer ao mundo dos tais “vitoriosos infelizes” é marginalizada.

Vivemos na “Santa inquisição”? Ou é a luta desesperada para tomar o controlo?

Como será a futura geração de adultos? Será que teimamos em não querer ver? Continuamos a ser os nossos piores inimigos? Preferimos deixar os nossos egos entupir a evolução do mundo e da humanidade? É ridículo, mas preferimos continuar agarrados às nossas ideias, do que sermos honestos e reconhecer que o mundo já mudou e que a nossa velha forma de pensar já não funciona. 

Como passar pela mudança de forma tranquila e agradável?

Neste momento existem no mundo milhares de movimentos de boa vontade e com grande capacidade de resposta. Desde a revolução cultural da “Laudato si’” do Papa Francisco com a nova encíclica; “A economia de Francisco”, em que o papa convoca jovens e economistas para “mudar o mundo”; até a novo paradigma científico que reinventa a roda e está a mudar a face da terra, com milhares de homens e mulheres a porem em prática (o melhor que conseguem) os novos princípios quânticos.

A mecânica quântica não só deu origem à nova era da eletrónica com toda a tecnologia de ponta, como traz consigo a mudança para a unicidade do ser humano com a sua verdadeira essência divina. Traz a energia da união de dois polos e deita por terra a dualidade de Descartes e o velho paradigma científico tridimensional. As duas polaridades positivo e negativo fundem-se numa união sagrada assim como toda dualidade existente dentro de cada um: masculino, feminino, etc….

Essa unicidade dá-nos uma nova consciência, uma nova forma de estar e de interagir com o mundo e a realidade que nos envolve. Esta nova consciência faz-nos sentir conectados com tudo e com o todo. 

Não importa o lugar em que cada um de nós se encontre, uma nova realidade só pode surgir de uma nova expansão da consciência. E a Casa Escola António Shiva®, assim como outras organizações no mundo, adotou e desenvolveu nos últimos anos uma pedagogia baseada nos princípios teóricos da mecânica quântica, com resultados maravilhosos em todas as áreas da vida dos seus elementos.

Uma rápida visão

A mecânica quântica é atualmente a teoria científica mais abrangente, precisa e útil na aplicação ao quotidiano. Porém, para uma mente ainda treinada no velho paradigma materialista/dualista, gera alguma confusão…, sobretudo em relação à forma pela qual a teoria se relaciona com a ação no quotidiano. Como a mecânica quântica descreve com precisão o fluxo contínuo no mundo microscópico de átomos e moléculas, a sua interpretação através de uma mente limitada ao conceito tridimensional é confusa.  Por essa razão, apesar de 98% de todos os instrumentos que usamos diariamente serem resultado da mecânica quântica (eletrónica), tentar perceber através dos conceitos materialistas é entrar num beco sem saída.

Uma breve descrição da mecânica quântica e sua utilidade nas ações cotidianas.

A mecânica quântica surgiu no século XX como uma ciência que estuda o movimento do mundo atómico (moléculas, átomos e partículas subatómicas), que trazem à luz aquilo que identificamos por matéria ou realidade. Este novo entendimento veio revolucionar e deitar por terra o paradigma Newtoniano/cartesiano. 

Então vejamos, em vez do determinismo da física Newtoniana e dualismo Cartesiano, a mecânica quântica apresenta o princípio da incerteza num mundo de infinitas possibilidades. Ou seja, segundo a física Newtoniana o mundo é avaliado através de fórmulas, cálculos e resultados precisos. A física quântica é a física das possibilidades. Ou seja, antes da sua materialização tudo é possível. Apesar de não ser possível prever o comportamento das partículas subatómicas, podemos interferir no resultado.

Vamos com calma…, tudo que existe é feito de uma mesma coisa…, átomo. Tudo é átomo, desde um pensamento, sentimento e emoção, até o corpo que cada um de nós habita. O átomo e as partículas subatómicas que gravitam em seu redor são  a unidade básica da matéria.

  As partículas subatómicas são vistas como ondas de possibilidades, que podem estar em qualquer lado…, lá, cá ou em qualquer parte incerta. Por exemplo, o elétron, que é uma partícula subatómica, comporta-se como partícula e como onda simultaneamente, e uma não existe sem a outra. Ou seja, é juntamente partícula e onda (não há dualidade) . Mas tem mais, o seu movimento é constante, podendo estar em vários lugares ao mesmo tempo.

Assim, a ciência moderna ao provar que não se pode separar a partícula (matéria) da onda (energia) e que todas as possibilidades estão em aberto perante qualquer acontecimento, deita por terra o conceito dualista-Cartesiano.

Em que é que este conhecimento nos pode ajudar no quotidiano?

Perante isto; e com o conhecimento que tudo que existe é feito de átomos…, desde o pensamento, sentimento e emoções; até tudo que é visível ou invisível no universo; ficamos libertos do comportamento reativo (luta pela sobrevivência), causa essencial do sofrimento. Mas há mais…, é comprovado cientificamente que interferimos diretamente no desfecho de qualquer acontecimento, através do simples ato de observar (o observador interfere no objeto ou acontecimento observado, tendo consciência disso ou não). Esta prova científica deita por terra o mito, da “sorte ou azar” e esclarece a razão de duas pessoas na mesma profissão ou mesmo negócio, no mesmo lugar, terem resultados opostos. Enquanto uma tem sucesso, outra mergulha no fracasso.

E como é que isso acontece?

É comprovado por experiências científicas que o ato de observar altera o rumo do elétron, mas o cientista (observador) não pode prever o seu comportamento e destino.  Mas há mais…, quando o observador no seu ato de observar altera o movimento do átomo, ele influencia outros átomos, dando-se assim o conhecido “entrelaçamento de onda”. Mas o mais interessante de tudo é que essa influência ou entrelaçamento de onda pode dar-se em qualquer parte do planeta ou mesmo em outro planeta (por exemplo, a forma de observar um acontecimento aqui no Ribatejo, pode influenciar na China, Japão, Brasil ou até na Lua ou Marte). Não existe o conceito de espaço ou distância na mecânica quântica. 

Na verdade, estes princípios quânticos estão na base da tecnologia usada diariamente. Tanto neste computador com que escrevo neste momento este livro pedagógico, como de todo o resto. Desde a inteligência artificial, à robótica, desde o simples cartão de cidadão, ao de crédito ou de débito. Nada escapa a estes princípios quânticos. Mas se agarrarmos nestes princípios e estabelecermos um paralelo no quotidiano educacional, financeiro ou nos relacionamentos, vemos milagres acontecer no nosso mundo.

Vamos lá…,

Então vejamos; se tudo que existe visível e invisível é feito de átomos, e se por meio da observação, somos capazes de influenciar a realidade microscópica do átomo, também podemos alterar a nossa realidade se mudarmos a forma como enxergamos (observamos) a vida. Perante este facto incontestável, é necessário desenvolver uma nova forma de nos vermos e de enxergar o mundo que nos rodeia, se de facto queremos mudar a realidade que experimentamos.

Sorte ou azar é a teoria da ignorância, chegou a hora de assumirmos o comando da nossa vida. Se analisarmos com cuidado a realidade que cada um de nós experimenta, percebemos que ela não é mais do que o reflexo da forma como nos vemos, vemos os outros e vemos o mundo.

Workshop “A Saúde da Pele” – 25 de maio de 2019

Workshop “A Saúde da Pele” – 25 de maio de 2019

A pele é o maior órgão do nosso organismo e é um espelho da nossa saúde. Quando à nossa pele afloram sintomas como erupções, manchas ou irritações é sinal que algo mais profundo poderá estar a acontecer.

Como cuidar da nossa pele? Será que máscaras faciais são o suficiente ou teremos que realizar mudanças mais profundas?

Sobre este evento

No dia 25 de maio de 2019 a Casa Escola António Shiva irá proporcionar um workshop dedicado à saúde da pele. 

Iremos falar sobre o papel da pele no nosso organismo e de que maneira podemos cuidar dela.

Programa do evento

15h – Receção dos participantes.

15h15min –  O papel da pele no nosso organismo

15h30min – Palestra “A pele como espelho das nossas emoções”

16h30min – Coffee-break

16h45min – Como preparar óleo de magnésio

17h15min – Como preparar óleo de gengibre

17h45min – Como usar o Aloés na saúde da pele

18h15min – Considerações finais

18h30min – Encerramento do workshop.

 

Nota: o workshop só será realizado se for atingido o nº mínimo de participantes. Para confirmar a sua presença deve adquirir/reservar o bilhete previamente.

Eventos Abril/Maio

Workshop “Água é Vida” – 27 de abril de 2019

No dia 27 de Abril de 2019 a Casa Escola António Shiva irá proporcionar um workshop dedicado à importância da água e da hidratação do organismo.

Curso intensivo de limpeza e recuperação para adultos

11 a 17 de Maio

É um programa de sete dias, destinado a um pequeno grupo de adultos, interessados em melhorar a sua realidade. É realizado em regime residencial, protegido de ambientes tóxicos, prejudiciais ao bom fluxo da recuperação.

Nota: os eventos só serão realizados se for atingido o nº mínimo de participantes.

Workshop “Água é Vida” – 27 de abril de 2019

Workshop “Água é Vida” – 27 de abril de 2019

“A água é essencial para o nosso bem-estar, mas é frequente não nos apercebermos dos seus poderosos efeitos benéficos na nossa saúde. Como todos os processos metabólicos necessitam de um fluido, é extremamente importante que exista sempre a quantidade suficiente do «mar primário» em que as células nadam. “

Petra Bracht, M.D

Sobre este evento

No dia 27 de Abril de 2019 a Casa Escola António Shiva irá proporcionar um workshop dedicado à importância da água e da hidratação do organismo. 

Iremos falar sobre a importância da água e da hidratação e de como podemos hidratar o nosso organismo no dia-a-dia. Haverá ainda uma pequena surpresa no final deste evento.

Programa do evento

15:00h – Receção dos participantes.

15:15h – A importância da hidratação.

16h – Palestra: “Água é Vida”.

17h – Coffee break

17:15h – Como hidratar o nosso corpo?

18:30h – Encerramento do workshop.

Nota: o workshop só será realizado se for atingido o nº mínimo de participantes. Para confirmar a sua presença deve adquirir/reservar o bilhete previamente.

“Antes desintoxicar que curar” – Semana de Desintoxicação

“Antes desintoxicar que curar” – Semana de Desintoxicação

Sobre este evento

Este evento, que tem como objetivo promover a desintoxicação do organismo, realizar-se-á de 25 a 30 de março de 2019, na Casa Escola António Shiva. De 25 a 29 de março terá a oportunidade de fazer um sessão de Drenatox gratuita e no dia 30 de março poderá participar um workshop culinário, com foco na desintoxicação.

A importância da desintoxicação

Quando os órgãos se encontram congestionados e o sangue está impuro, os tecidos estão envenenados e as células asfixiadas, a única ação lógica que se pode empreender para devolver ao corpo a sua saúde é limpá-lo. Um organismo desintoxicado e limpo retorna ao equilíbrio, e todas as suas funções são normalmente executadas em direção ao bem estar de todo o corpo. O nosso organismo tem os seus próprios mecanismo de limpeza; um organismo que funciona de forma equilibrada tem todo o seu sistema de limpeza funcionando nesse sentido.
Mas num mundo em que praticamente toda a nossa alimentação contém substâncias estranhas e algumas nocivas (pesticidas, conservantes, metais pesados, entre outros), vivemos em ambientes poluídos (tabaco, fumos e gases provocados por transportes, etc.), onde há uma má gestão do stress gerado pelas experiências diárias (debilitando o sistema imunológico), todos esses elementos podem levar a um acúmulo de toxinas no sistema linfático, pondo em questão o seu bom funcionamento e função de limpeza, levando consequentemente ao envenenamento e intoxicação das células,  tecidos, órgãos, sangue e espaços intercelulares.

O que é o Drenatox?

O Drenatox é um equipamento de desintoxicação orgânica, feita de forma natural, recorrendo a princípios básicos da Física e criando uma precipitação da toxina de dentro do organismo para fora, através da criação de um meio externo de muito baixa densidade (osmose). Assim, a toxina precipita do meio mais denso para o meio menos denso. Esta Desintoxicação é feita de forma não invasiva através do Sistema Linfático.

 

Sessão de Drenatox Gratuita

De 25 a 29 de março terá a oportunidade de fazer um sessão de Drenatox gratuita. A sessão de Drenatox é realizada na Casa Escola António Shiva

As vagas para a realização desta oferta de Drenatox são limitadas.

 

Dia 30 de março tem a oportunidade de participar num workshop culinário dedicado à desintoxicação.

Iremos abordar alimentos que estimulam a desintoxicação do organismo e partilhar receitas deliciosas, diretamente da cozinha da Casa Escola António Shiva.

Terá também a oportunidade de assistir a uma palestra com o tema “Antes Desintoxicar que Curar”, ministrada por António Fernandes, o coordenador da Casa Escola António Shiva.

 

Pin It on Pinterest