O mundo já mudou

O mundo já mudou

“Ó Totó já não estamos no Kansas” (feiticeiro de OZ)

Passaram-se já dezassete anos desde que organizei a primeira convenção para pessoas que em certa altura da sua existência, começaram a perder o entusiasmo pela vida e aos poucos foram derrapando para um beco sem saída. A maioria dos participantes, são homens e mulheres “bem-sucedidos na vida”, que conquistaram os seus objetivos e perderam o entusiasmo e a alegria de viver.

Outros tiveram um trajeto bem diferente, fizeram sempre o que era suposto fazer, e apesar de serem vistos como bem-sucedidos sentem-se inseguros, e frustrados. Na verdade, todos procuram a tão famigerada segurança da paz interior, mas encontraram um aperto no coração e desinteresse pelo que a vida tem para lhe oferecer.

Porque é que este fenómeno é tão vulgar na sociedade atual?

Em vez da segurança da paz interior, e entusiasmo expectante do novo dia todas as manhãs, o homem moderno é impulsionado pelo fardo das obrigações, por estar tomado por ansiedade, angustia, tristeza, desinteresse e insegurança?

Qual será a razão deste tédio, numa altura em que o mundo é invadido pelos milagres tecnológicos, que tanto beneficia a vida da humanidade?

O mundo já mudou, e o sistema educacional não acompanhou o ritmo da mudança, levando o homem moderno para esta crise de identidade existencial. A verdade é que a sociedade moderna ainda é educada e treinada através de uma filosofia materialista, que contempla a realização material, que privilegia o ter, em detrimento do ser.

Desta forma, as capacidades ou aptidões de uma pessoa só tem valor se puderem ser convertidas em valores quantificáveis, em dinheiro, coisas ou poder. O paradoxo é que o ser humano é muito mais que isso, mas continua encantado na ilusão limitante do materialismo, dirigindo-se para o vazio existencial, como passarinho para a boca da serpente. Não há tempo a perder, para tentar compreender porque chegamos a esta situação tão deprimente. Porque nos encurralamos no sofrimento e no vazio existencial, arrastado connosco aqueles que mais amamos. É hora de despertar, e gritar “O MUNDO JÁ MUDOU… Ó TÓTO”

Como aconteceu?

O mundo foi mudando enquanto lutávamos pela sobrevivência e um lugar no pódio da vida. Quando atingimos o “pódio”, não importa se é doutor, engenheiro ou outro cargo técnico, depois da euforia do momento, o que mais sobra é ansiedade e frustração. Raramente se é feliz. Parece que tem tudo, mas quando deixa de olhar para fora, e olha para dentro de si, quase nunca se sente satisfeito. Sente-se doente, já não acredita em si mesmo.

É urgente despertar para a liberdade da consciência abrangente, despertando a alegria com que chegou a este mundo, largando a limitada da filosofia materialista, que nos rouba a alegria e o entusiasmo pela vida, adquiridos a nascença.  É indispensável aceitar o novo paradigma espiritualista que tudo abrange da nova era, se queremos usufruir da realização pessoal, e cocriar o mundo que desejamos viver.

A todos que pedem informações sobre a próxima semana de expansão da consciência, a realizar no mês de agosto em Fátima, faço sempre o mesmo apelo:

“Antes de ler a informação, por favor avalie a sua vida, responda a estas questões”:

  • sente o coração sereno em paz?
  • sente-se seguro(a) no momento presente?
  • sente-se seguro(a) em relação ao futuro?

e remato com esta questão:

Quando acorda pela manhã sente-se entusiasmado e expectante em relação ao dia totalmente novo que lhe é oferecido?

Continuo à espera de um sim categórico. Mas apesar de saber que no mundo existem pessoas felizes, fico a pensar porque é que não se acorda entusiasmado e expectante pelo novo dia que nos é oferecido? Todas as manhãs temos um dia totalmente novo para viver.

É um novo ciclo de vida que se abre e que ninguém sabe como vai terminar. Não ter consciência dessa verdade, é estar em negação ao novo e a vida.

O mundo já mudou e a semana de expansão da consciência tem como objetivo desvendar-te a realidade de bem-estar paz e alegria que está bem a nossa frente e que não conseguimos enxergar.

Vem de mente aberta libertar-te do medo e dançar com a vida.

António Fernandes

Semana de Expansão da Consciência

Semana de Expansão da Consciência

Uma semana para mudar a consciência, e provocar mudanças sociais

Vive-se numa época que, em todos os países, uma revolução silenciosa está em marcha. O velho homem ansioso imaturo e doente, depois de recorrer aos ansiolíticos, e a outras drogas, sente-se num beco sem saída, não consegue por mais tempo, manter-se preso na pobreza da ilusão da aparência.

A semana de expansão da consciência destina-se aos que já se sentem preparados para mudar a sua própria consciência, e com a sua mudança provocar mudanças sociais, tão desejadas. Nesta semana, não existe o objetivo de oferecer explicações e mezinhas de uso geral, a intenção é incitar cada membro do grupo a diagnosticar as suas próprias limitações e recuperar o poder.

Semana 18 a 25 de Agosto de 2018

Introdução

O resultado da vida de qualquer ser do universo resulta da consciência desse ser. Tudo que existe é consciência. Por outras palavras, a consciência de cada ser cria a realidade que cada ser experimenta. Rico ou pobre, saudável ou doente, feliz ou infeliz são reflexo de uma consciência.

Dia 18 de agosto – Sábado

10:00h – Receção pelos anfitriões de serviço.

11:00h – Abertura da semana de expansão da consciência com as boas vindas do anfitrião de confiança.

11:15h – O mundo já mudou é urgente largar a limitação da filosofia materialista e aceitar paradigma abrangente da nova era.

12:30h – Deixar a bagagem nos quartos.

13:00h – Almoço no restaurante do hotel.

15:00h – Como o famoso “efeito observador” faz mudar o paradigma (como o ato de ver algo por parte do observador transforma possibilidades quânticas em experiências concretas na consciência dele mesmo).

16:30h – Pausa.

16:45h – Como a simples mudança de ângulo de visão muda a realidade individual e coletiva.

18:00h – Riqueza/pobreza ou Paraíso/Inferno: dois mundos paralelos abertos, livres e disponíveis para todos.

19:15h – Encerro dos trabalhos do 1º dia.

20:00h – Jantar no restaurante do hotel.

22:00h – Procissão das velas no santuário de Fátima (facultativo)

19 de agosto – Domingo

8:00h – Pequeno-almoço no restaurante do hotel.

9:30h – Início do 2º dia de expansão da consciência.

9:40h –  O mandamento novo e a nova era.

11:00h – Pausa.

11:15h – O amor é como o sol, não se pode separar o calor da luz.

12:45h- Pausa.

13:00h – Almoço no restaurante do hotel.

14:30h – Tempo de ação – visita ao santuário de Fátima.

20:00h – Jantar no restaurante do hotel.

21:30h – Convívio, partilha e esclarecimento.

20 de agosto – Segunda-feira

8:00h – Pequeno almoço no restaurante do hotel.

9:30h – Viriato, o chefe bárbaro lusitano resistia tenazmente à moderna civilização romana porquê?

11:00h – Pausa.

11:15h – A ansiedade atual é síndrome de Shoichi Yokoi.

12:45h – Pausa.

13:00h – Almoço no restaurante do hotel.

14:30h – Partida de autocarro para visita a Conímbriga, cidade romana.

15:30h – Chegada prevista.

Na era romana, Conímbriga foi uma das cidades mais prósperas da Península Ibérica. No século III a.C., foram construídas muralhas para proteger a cidade dos bárbaros. Em 468, a cidade foi invadida e pilhada pelos bárbaros selvagens. Os pacíficos habitantes da cidade fugiram para norte Aeminium, que recebeu mais tarde o nome da antiga cidade. E dai surgiu posterior Coimbra, cujo nome é praticamente idêntico ao Conímbriga, apenas em forma modificada.

18:30h – Final da visita.

19:45h – Chegada ao hotel.

20:00h – Jantar  no restaurante do hotel.

21:30h – Convívio, partilha e esclarecimentos.

21 de agosto – Terça-feira

8:00h – Pequeno almoço no restaurante do hotel.

9:30h – Cicatrizar feridas ainda abertas.

11:00h – Pausa.

11:15h – Como aceder aos mundos paralelos.

12:45h – Pausa.

13:00h – Almoço no restaurante do hotel.

14:30h – Visita aos Valinhos, calvário Húngaro e gruta da moeda.

19:30h – Regresso ao hotel.

21:00h – Jantar no restaurante do hotel.

21:30h – Convívio, partilha e esclarecimentos

22 de agosto – Quarta-feira

8:00h – Pequeno almoço no restaurante do hotel.

9:30h – A física quântica na forma do seu famoso “efeito do observador”.

11:00h – Pausa.

11:15h – Como o ato de observar transforma possibilidades quânticas em experiências concretas na consciência do observador.

12:45h – Pausa.

13:00h – Almoço no restaurante do hotel.

14:30h – Visita ao mosteiro da Batalha.

19:30h – Regresso ao hotel.

20:00h – Jantar no restaurante do hotel.

21:30h – Convívio, partilha e esclarecimentos.

23 de agosto – Quinta-feira

8:00h – Pequeno-almoço no restaurante do hotel.

9:30h – Não há vida onde há culpa, vergonha e medo.

11:00h – Pausa.

11:15h – Como se libertar do medo e dançar com a vida.

12:45h – Pausa.

13:00h – Almoço no restaurante do hotel.

14:30h – Saída para visitar o maior trilho de pegadas de dinossauros do mundo.

19:30h – Regresso ao hotel.

21:00h – Jantar no restaurante do hotel.

21:30h – Convívio, partilha e esclarecimentos.

24 de agosto – Sexta-feira

8:00h – Pequeno almoço no restaurante do hotel.

9:30h – O suficiente nunca é suficiente.

11:00h – Pausa.

11:15h – A paz mundial e o bem-estar global começa no indivíduo.

12:45 – Pausa.

13:00h – Almoço no restaurante do hotel.

14:30h – Visita ao Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros.

19:30h – Regresso ao hotel.

20:00h – Jantar no restaurante do hotel.

21:30h – Convívio, partilha e esclarecimentos.

25 agosto- Sábado

8:00h – Pequeno almoço no restaurante do hotel.

9:30h – Viver em harmonia tanto dentro como fora é viver no paraíso.

11:00h – Pausa.

11:15h – Tudo muda quando se expande a consciência – inventário e entrega do certificado da participação na 1ª semana de expansão de consciência e mudança de realidade.

12:45h – Pausa.

13:00h – Almoço no restaurante do hotel.

14:30h – O Adeus

Quem participa ativamente nesta semana de expansão de consciência muda certamente a sua realidade.

O preço por participante inclui a estadia no hotel (seminário) Verbo Divino 8 dias e sete noites em regime de pensão completa em quarto duplo; viagens de autocarro aos locais a visitar assim como o bilhete de acesso; manual do curso completo; pasta com caneta e caderno.
Preço por quarto partilhado (tudo incluído) – 800€
Preço por quarto individual (tudo incluído) – 950€

Consulte mais informações sobre o evento

Pin It on Pinterest