Cancro (Câncer)

 

Cancro (Câncer)

 

“O Cloreto de Magnésio freia as metástases do câncer?

Não, isso, frear, eu não digo; mas eu digo, pelo menos retarda, como o professor Pierre Delbet provou no seu livro “A política preventiva do câncer”. O indivíduo – usando uma quantidade suficiente de magnésio a vida inteira – tem a possibilidade de ter câncer incomparavelmente menor do que quem tem carência de magnésio.”

Dr. Luiz Moura

 

O Magnésio e o Cancro  (Cancêr)

O papel do magnésio no Cancro está a ganhar rapidamente interesse entre os pesquisadores por causa de recentes estudos que mostram efeitos protetores contra vários tipos de cancro. Os estudos mais recentes demonstraram que cada dose de 100 mg de magnésio por dia pode reduzir o risco de cancro colo-rectal em 12 por cento, e de cancro do pâncreas, até 21 por cento.

 Cancro (Câncer)

Estudo na Holanda sobre o Cancro no cólon

O mais recente estudo sobre o cancro no cólon foi realizado em duas partes, cada um por meio de questionários para avaliar a ingestão dietética de magnésio diárias dos participantes.

O primeiro foi um estudo de caso-controle sobre cerca de 1.500 pessoas (768 casos e 709 controles), que mostrou que cada extra de 100 mg de ingestão diária de magnésio levou a uma redução do risco de 19 por cento em adenomas colo-retais.

A segunda parte do estudo foi uma meta-análise que combinou os dados de vários estudos passados semelhantes com o novo estudo acima, e este mostrou  que os efeitos protetores do magnésio são ainda mais impressionantes. Para a população em geral, cada dose de 100 mg/dia de magnésio reduziu o risco de adenomas em 13 por cento, e reduziu o risco de cancro colo-rectal em 12 por cento. É importante ressaltar que quanto maior a ingestão de magnésio, maiores os níveis de proteção proporcionalmente oferecidos.

 

O estudo sobre o Cancro no pâncreas

O estudo mais recente sobre o magnésio em Cancro no pâncreas foi a Cohort EPIC da Europa, que incluiu 142.203 homens e 334.999 mulheres, com uma média de 11,3 anos de follow-up. A análise estratificada mostrou que cada aumento de 100 mg / dia de magnésio na dieta reduziu o risco de cancro no pâncreas em 21 por cento. É importante ressaltar que este resultado ecoou perto dos resultados de um estudo anterior feito no Reino Unido (em apenas homens), que mostrou que os homens com maior ingestão de magnésio (423 mg / dia) tiveram um risco 33 por cento menor de cancro pancreático do que aqueles com ingestões mais baixas (281 mg / dia.

 

Outros estudos

Prof. Delbet descobriu um efeito preventivo muito bom sobre o cancro e em condições pré-cancerosas, tais como leucoplasia, hiperqueratose e mastite crônica.

Em outros estudos o Magnésio produziu o desaparecimento rápido de tumores do periósteo.

Aleksandrowicz et al, na Polónia concluíram que a inadequação de Mg (magnésio) e antioxidantes são fatores de risco importantes na predisposição para a leucemia. Outros pesquisadores descobriram que 46% dos pacientes internados numa UTI (Unidade de Terapia Intensiva), num centro de cancro terciário apresentou hipomagnesemia. Eles concluíram que a incidência de hipomagnesemia em pacientes com cancro em estado crítico é elevado.

Em estudos com animais, descobriu-se que a deficiência de magnésio tem causado neoplasias do tecido linfático em ratos jovens. Um estudo em ratos com deficiência de magnésio resultou que essa deficiência era suficiente para causar a morte por convulsões durante a infância, em alguns, e lesões cardio-renais semanas mais tarde nos outros, e revelou que alguns dos sobreviventes tinham nódulos no timo ou linfossarcoma.

 

O Papel do Magnésio nas células

Dr. Budwig SEEGER na Alemanha tem mostrado que o cancro é principalmente o resultado de uma falha no metabolismo energético das células, a mitocôndria. A grande maioria das enzimas envolvidas na produção de energia exige o magnésio. Uma célula saudável tem um elevado nível de magnésio e baixo  nível de cálcio. Cerca 30% da energia das células é usado para bombear o cálcio das células. Quanto mais alto for o nível de cálcio e baixo de magnésio, mais difícil para as células bombearem o cálcio para fora. O resultado é que com baixos níveis magnésio gradualmente a mitocôndria calcifica e a produção de energia diminui.


Cancro (Câncer)

 

O papel do Magnésio no Cancro

Não deveria ser surpresa que o magnésio desempenha um papel importante sobre o cancro. Ele participa como co-fator em mais de 300 sistemas enzimáticos e é encontrado em todos os tecidos do corpo humano. E é relevante para o cancro porque desempenha uma função fulcral na reparação do DNA, diferenciação, proliferação e angiogênese.

O magnésio aumenta a produção interna de substâncias de defesa, tais como anticorpos e melhora consideravelmente a atividade operacional dos glóbulos brancos (mostrado por Delbert), e contribui para muitas outras funções que asseguram a integridade do metabolismo celular.

Quando você considera que mais de 300 enzimas e transporte de íons precisam de magnésio e que o seu papel nos ácidos graxos e no metabolismo do ácido dos fosfolipídios afeta a permeabilidade e a estabilidade das membranas, podemos ver que a deficiência de magnésio levaria ao declínio fisiológico das células preparando o palco para o cancro.

Tudo o que enfraquece a fisiologia da célula vai levar a infeções que envolvem e penetram os tecidos tumorais. Estas infeções têm sido provadas como sendo uma parte integrante do cancro.

A deficiência de magnésio é uma ameaça direta à saúde das nossas células. Sem quantidades suficientes, as nossas células calcificam e apodrecem.

Mais de 300 diferentes sistemas de enzimas dependem do magnésio para facilitar a sua ação catalítica, incluindo o metabolismo ATP – a fonte de energia da célula.

O Magnésio protege as células do alumínio, mercúrio, chumbo, cádmio, berílio e níquel.

O magnésio, em geral, é essencial para a sobrevivência das células, mas assume uma importância ainda maior, quanto maior a idade,  devido à toxicidade onde os corpos são bombardeados diariamente com metais pesados.

A Glutationa requer magnésio para a sua síntese. A glutationa é uma das poucas moléculas antioxidantes conhecidas para neutralizar o mercúrio. Sem a limpeza da glutationa as células começam a acumular toxinas e metais pesados; estes são ambientes excelentes para atrair infeções e advindo daí o cancro.
Cancro (Câncer)

O Cancro e os níveis de Magnésio no solo e água

Muitos estudos têm demonstrado um aumento da taxa de cancro em regiões com baixos níveis de magnésio no solo e na água potável.

“O professor Pierre Delbet, médico, usava o magnésio para lavar as feridas na guerra de 1914 a 1918, sem saber o porquê. Depois ele descobriu que o magnésio ativava também o Sistema Imunológico. A prova disso é que, na França, o mapa do câncer e o mapa do magnésio mostram que na metade sul da França, as terras têm muito magnésio e a mortalidade por câncer era de menos de 3,5% (três e meio por cento). E no norte da França, em que as terras são pobres de magnésio, mais de 8,5% (oito e meio por cento) das pessoas morriam de câncer”.

Professor Luis Moura

 

Testemunhos sobre o cloreto de Magnésio P.A.:

FA CLUBE GIAN E GIOVANI em 29 de março de 2010

Tomo cloreto há 30 dias sinto mais calma sem ansiedade, minha mãe com 83 anos já reduziu a ferida de um câncer de pele e meu cachorro voltou a andar após ser tratado pela sinomose pela segunda vez.

 

Atenção: o sugerido é o Cloreto de Magnésio P.A. (para análise), em sais.

43 Comments

  1. Silvia

    Olá, tive câncer de mama e fiz quimioterapia,rádio e cirurgia, hj em dia tomo só o remédio bloqueador de hormônios. Posso tomar o cloreto de magnésio?

    Reply
  2. ANDREA

    E EU TAMBÉM GOSTARIA DE TOMAR PARA ANSIEDADE, ENXAQUECA E ESTRESS.
    TENHO 39 ANOS E 70kg.
    QUAL SERIA A DOSAGEM DIÁRIA INDICADA E AONDE COMPRO.

    Reply
  3. ANDREA

    **URGENTE**
    BOM DIA
    MEU CACHORRINHO DE 11 ANOS E 25kg ESTÁ COM METÁSTASE NO PULMÃO E GOSTARIA DE SABER SE POSSO DAR CLORETO DE MAGNÉSIO P.A. À ELE.

    SE SIM, QUAL A QUANTIDADE/DOSAGEM DIA?

    E AONDE COMPRO?

    Obrigada

    Reply
  4. Céu

    Boa noite

    Tenho cancro da mama detectado há 18 meses e desde aí comecei a alcalinizar a minha água com bicabornato de sódio, 1 colher café para 1lt de água. Toda a água que bebo tem bicabornato. Bebo cerca de 2lt dia. Comecei também nessa altura a tomar 2 xicaras de café com cloreto de magnásio. Faço 2 colheres de chá para 1lt; sei que é inferior ao que costumam usar; devo aumentar? Ainda assim, sou também fibromiálgica e as minhas crises de dor pararam desde que comecei a tomar o cloreto diáriamente, as alergias e sinusite desapareceram, problemas de enjoos, azia, também se acabaram. Não pretendo parar nunca de tomar o cloreto de magnésio!!

    Reply
  5. Kelly

    Doutora eu gostaria de saber como devo tomar direitinho,para tratar a ansiedade? E se realmente funciona o cm nesse tratamento?

    Reply
  6. frncisca selma

    tenho cancer no figado ha 4 anos tive de mama agora apareceu no figado estou fazendo quimoterapia sao so 6 brancas ocloreto de magnesio pode me ajudar na cura tomo em comprimido de 500mg

    Reply
  7. Graciele Cristina de oliveira

    Olá me chamo graciele tenho 34anos fiz 8sessoes de quimio e vou fazer mastectomia estou usando cloreto de MAGnesio PA qual. Quantidade correta por dia?tomo um copo americano com 2colheres de café por dia esta correto?

    Reply
  8. regina celia duque

    aonde se acha cloreto de magnesio pra comprar

    Reply
  9. Luis Alberto

    Olá! boa Noite…minha Ta Com Câncer No Pancreas e Nem Querem Fazer Tratamento quimioterápico Ou Radioterapico … O Tumor Foi Detectado Tarde…Fizemos A Cirurgia… E Estou Usando Cloreto De Magnésio pA Co. Bicarbonato De Sódio e Sal Marinho … Há alguma Chance De Cura Com está fórmula??

    Reply
    • admin

      Todas as possibilidades estão no mesmo lugar – hipóteses há mas sua tia precisa perder o azedume pela vida, que normalmente afeta as pessoas com cancro no pâncreas. Nada Acontece por acaso. e mudar é uma decisão que somente lhe compete a ela. Nada nem ninguém tem poder sobre isso

      Reply
      • Daniela

        Estou com falta de vitamina B12, mas como carnes normal. Estou tomando o cloreto a pouco tem e regulou meu intestino pois sofri de prisao de ventre desde criança.

        Reply
        • magnesio

          Olá Daniela, gratos pelo seu comentário, parabéns pela sua recuperação e obrigado por partilhar a sua experiência, que será extremamente útil aos que ainda não encontraram a solução. Caso deseje fazer parte, existe um Grupo do Cloreto de Magnésio P.A. onde poderá colocar a sua experiência, as suas dúvidas, questões, no seguinte link: http://ativistadanovaera.ning.com/group/cloreto-de-magnesio-p-a
          Para um acompanhamento mais personalizado, sugiro que coloque a questão para “A Saúde Integral tem a Solução”, no seguinte link:
          http://solucaoperfeita.com/antoniotfernandes/saude-integral-solucao/

          Obrigado

  10. Denise Abreu

    Gostaria de saber onde posso comprar o livro do A POLÍTICA PREVENTIVA DO CÂNCER?

    Reply
  11. Denise Abreu

    Gostaria de saber aoende posso comprar o livro do Professor Pierre Delbet?

    Reply
  12. Márcia Araújo Gonçalves

    Boa tarde. Eu comprei e não sei a quantidade a diluir em 1 copo de água diariamente. Poderia me informar?

    Reply
  13. Ramon

    Bom dia, como consigo o estudo do professor Pierre Delbet?

    Reply
  14. Isabella

    Olá, tenho 28/anos fui diagnosticada com CA de mama, só que estou grávida de 22 semanas, posso tomar? Qual qtidade indicada?
    Já passei por duas quimios, dia 11 vou pra terceira, num total de 8, sendo 4 vermelhas e 4 brancas . um abraço, fico no aguardo!

    Reply
  15. DJANIRA

    Estou tomando ha um pouco mais de 3 meses, a melhora foi muito grande nas dores nos pés, coluna e no stresse. meus pés estavam endurecidos, envelhecidos,estão amolecendo como borrachas. Fico curiosa para saber as mudanças por dentro.
    Queria saber a dosagem certa para uma criança de 6 anos com seria alergia com crises de asma.

    Reply
    • admin

      Olá Djanira, parabéns pela sua recuperação e obrigado por partilhar a sua experiência. Quanto à criança, pode dar 10ml diários de cloreto de magnésio P.A. em sais, pode colocar na sopa. Obrigado

      Reply
  16. Emilio

    Parabéns pelo Blog e pelo excelente conteúdo disponibilizado. Honestamente são sabia da tamanha importância que o cloreto de magnésio desempenha para a manutenção do bom funcionamento do nosso organismo e de como ele é escêncial para a nossa saúde como um todo, confesso que estou surpreso e ao mesmo tempo muito feliz por descobrir isso. Agradeço a vcs do site por nos fornecer esta valiosa informação!Abraço!

    Reply
    • admin

      Olá Emílio, nós é que agradecemos a oportunidade de poder participar com informação responsável, para um Mundo melhor. Obrigado

      Reply
  17. Lidiane

    Bom dia, meu marido está fazendo tratamento de radioterapia, todos os dias (seg a sexta) e quimio uma vez na semana. Complementando a retirada de um tumor na lingua e outro ao lado da mandíbula, tendo sido feito um esvaziamento cervical, com a retirada de todos os gânglios do lado direito do pescoço, assoalho da boca e 1/3 da lingua foi retirado também. Os resultados das 2 cirurgias foi muito bom, sem malignidade para todos os tecidos analisados, que foram retirados fora do perímetro tumoral. Sendo necessário a complementação da radio e quimio como prevenção. Não é fumante, nem usa drogas ou álcool. Não possui nenhuma outra doença, a não ser hipertensão e colesterol, controlada com sivastatina, atenolol e enalapril. Não é obeso e não tem diabetes. Gostaria de saber se é indicado o cloreto de magnésio no caso dele, já que toma atualmente muitos remédios, por isso está tendo problemas com intestino preso e qual seria a quantidade que ele deveria tomar. Muito obrigada e por favor me responda se puder. Lidiane

    Reply
  18. António Shiva

    Fernanda não percebi a sua questão. A carência de magnésio é principal responsável pelo cancro como pela diabetes.

    Reply
  19. Fernanda Camargo

    Olá, bom dia!
    Minha mãe está com câncer de mama em tratamento quimioterapico, e tem diabetes tipo 2, gostaria de saber se existe algum exame para detectar a deficiência do magnésio no sangue, e se existe alguma restrição por ela estar em tratamento e ter diabetes.

    Obrigada!

    Reply
  20. rosa

    boa noite, oi meu marido faz tratamento para glaucoma pode tomar cloreto de magnésio obrigada por favor me responda

    Reply
    • admin

      Olá Rosa, sim claro que pode tomar o Cloreto de Magnésio P.A.

      Reply
    • admin

      Olá Irini, P.A. quer dizer – para análise. Porquê Cloreto de magnésio PA? Porque daqui se extrai todas as formas de magnésio que o organismo humano usa nas infinitas ações químicas e biológicas. Outra forma não vai repor o equilíbrio, mas somente restaurar uma carência específica.

      Sugiro ainda a leitura do seguinte artigo:

      http://ativistadanovaera.ning.com/profiles/blogs/magnesio-o-sal-da-vida

      Obrigado

      Reply
  21. alcina soares

    o que deve tomar para um tumor que apareceu há 3 meses no mama Tam bem tem ciática e desde sempre diarreias ,que passam È minha tia com 85 anos Alimenta-se bem e em geral bem disposta Peço informação sobre o assunto
    Obrigada Alcina soares

    Reply
    • António Shiva

      Boa noite Alcina Soares a sua tia deve começar com uma dose baixa 25 ml duas vezes ao dia ao pela manhã e a na ultima refeição. ao fim de 3 ou 4 dias aumenta mais uma dose ao meio dia – do fim de 2 semanas começa a aumentar lentamente cada dose até 50 ml cada
      obrigado

      Reply
  22. mariaisabeltombinisantin

    Gostei muito desta publicação, veio nos dar uma luz no fim do túnel. muito obrigado

    Reply
    • António Shiva

      Bom dia Maria Isabel, Obrigado pelo seu comentário; este blog tem como função primordial, juntar a informação de fontes credíveis, que se encontra dispersa. Obrigado

      Reply

Deixe aqui o seu comentário.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar no nosso site consente a utilização dos mesmos. Saiba mais sobre os cookies aqui

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close