Magnésio para os Cavalos

Magnésio para os Cavalos

O tratamento pelo cloreto de magnésio mostra-se muito eficaz e barato.
Gurma(usagre),estado febril, febre tifóide,… não há doença infecciosa que resista a este tratamento tão simples.

Existem três métodos:

– se seu amigo aceita o remédio: injetar em sua boca com uma grande seringa um litro ou mais da solução.
– se ele não aceita, será necessário mantê-lo afastado de seu bebedouro habitual e fazê-lo beber a solução em um balde.
– outra possibilidade: misturar a solução no trigo.
Posologia Potro: meio litro da solução 2 vezes ao dia ( ou mais , se necessário)
Até 500 kilos: 1 litro cada 6 horas durante quatro dias, depois cada 8 horas até o restabelecimento definitivo.
Mais de 500 kilos: 1 litro e meio da solução, como indicado acima.
Em casos muito graves, iniciar com duas doses a cada duas ou três horas. Em todos os casos, respeitar os ritmos indicados. Podemos aumentar ou diminuir a quantidade em função das reações do animal; os cavalos em geral reagem muito bem ao tratamento.

Uso externo

Em uso externo a solução de cloreto de magnésio também lhes trará muitos benefícios: banhos para os pés, lavagem de feridas e lesões, compressas, etc.

É um bom complemento ao tratamento com argila. Pode-se preparar a pasta de argila usando a solução de cloreto de magnésio no lugar da água.

Nota: este tipo de tratamento se aplica também aos bovinos. O Doutor Neveu trata também com sucesso a febre aftosa, o aborto, a dificuldade de parir, a mastite, o fleumão, as corizas e bronquites verminosas…Mesmas posologias.

Autora: Marie-France Muller – doutora em Psicologia e Naturopatia Capítulo 5 – págs 38 a 55 do livro Medicamentos suaves para animais para melhor curá-los e amá-los. Editor – Jouvence Editions – France Tradução livre: Nina Rosa Jacob

Pin It on Pinterest

Share This