Deficiência em magnésio causa várias Doenças

Deficiência em magnésio causa várias Doenças

Do livro The Magnesium Miracle de Dra. Carolyn Dean MD ND

A seguintes 22 “doenças” desencadeadas ou causadas pela deficiência em magnésio foram todas cientificamente comprovadas. No entanto, desde a publicação do The Magnesium Miracle, as pessoas têm me enviado histórias de sucesso acerca das suas experiências com o magnésio, que vão além da lista a seguir. Eu tenho lido que o magnésio tornou a pele mais macia, gengivas que se curaram, e melhorias na resposta sexual. Na próxima edição do meu livro apresentarei pesquisas actualizadas da habilidade do magnésio em baixar o colesterol na mesma medida das drogas Statina, mas sem os seus efeitos colaterais. Existem ainda evidências de que o magnésio é importante para o tratamento da neuropatia diabética. Como eu disse no livro, se você tiver que tomar um suplemento – tenha a certeza de que seja o magnésio!

Deficiência em magnésio causa várias Doenças

A deficiência em magnésio desencadeia ou causa as seguintes condições :

 

Ansiedade e ataques de pânico – o Magnésio (Mg) normalmente mantém as hormonas Adrenais do stress  sob controle .

 

Asma –  Tanto a produção de histamina como de espasmos bronquiais aumentam com a deficiência de Mg.

 

Coágulos sanguíneos – O Mg tem um papel importante  na prevenção de coágulos sanguíneos e em manter o sangue fino, parecido á aspirina, mas sem os efeitos colaterais.

 

Doença Intestinal – a deficiência em Magnésio torna o intestino mais vagaroso, causando prisão de ventre, o que pode levar à toxicidade e má absorção de nutrientes, assim como á colite .

 

Cistite – os espasmos da bexiga são agravados pela deficiência em Magnésio.

 

Depressão – a serotonina , que eleva o humor , é dependente de Mg. Um cérebro deficiente em MG também é mais susceptível a alérgenos, substâncias estranhas que podem causar sintomas semelhantes à doença mental.

 

Desintoxicação – o Mg é crucial para a eliminação de substâncias tóxicas e metais pesados, tais como alumínio e chumbo.

 

Diabetes – o Mg aumenta a secreção de insulina, facilitando o metabolismo do açúcar. Sem Mg a insulina não é capaz de transferir a glicose para dentro das células. A glicose e a insulina acumulam-se no sangue causando vários tipos de danos nos tecidos.

 

Fadiga – Pacientes com deficiência em Mg comummente apresentam fadiga, porque dezenas de sistemas enzimáticos não conseguem funcionar eficientemente. Um sintoma precoce da deficiência de Mg é frequentemente a fadiga.

 

Doença cardíaca – A Deficiência em Mg é comum em pessoas com doenças cardíacas. O Mg é administrado em hospitais para enfarte agudo do miocárdio e arritmia cardíaca. Como qualquer outro músculo, o músculo cardíaco requer Mg. O Mg também é usado para tratar a angina, ou dor no peito.

 

Hipertensão – Com insuficiente em Mg, ocorre espasmo dos vasos sanguíneos e colesterol alto, os quais levam a problemas de pressão arterial.

 

Hipoglicemia – O Mg mantém a insulina sob controle, sem mg  podem resultar episódios de baixo açúcar no sangue.

 

Insónia – Sono – a regulação da produção de melatonina é perturbada pela insuficiência de Mg.

 

Doença renal – A deficiência em Magnésio contribui para a insuficiência renal aterosclerótica. A deficiência em Magnésio cria níveis anormais de lípidos e piora o controle de açúcar no sangue em pacientes com transplante renal.

 

Doença hepática levando á falha hepática – A deficiência em Mg geralmente ocorre durante o transplante hepático.

 

Enxaqueca – O Equilíbrio da serotonina é Mg – dependente. A deficiência em serotonina pode resultar em dores de cabeça, enxaqueca e depressão.

 

Condições músculo-esqueléticas – fibrosite, fibromialgia, espasmos musculares, espasmos oculares, cólicas, cãibras, e dor cronica no pescoço e nas costas podem ser causadas pela deficiência de Mg e podem ser aliviados com suplementos de Mg.

 

Nervos (problemas) – O Mg alivia distúrbios de nervos periféricos por todo o corpo, tais como enxaqueca, contracções musculares, espasmos gastrointestinais e cãibras na pantorrilha, pé e dedo do pé. É também utilizado no tratamento de sintomas dos nervos centrais tais como vertigem e confusão.

 

Obstetrícia e Ginecologia – O Mg previne a Síndrome Pré-Menstrual; previne a dismenorréia (cólicas e dor durante a menstruação); é importante no tratamento da infertilidade; e alivia contrações prematuras, pré-eclampsia e eclampsia na gravidez. Magnésio Intravenoso é dado em unidades obstetrícias para a hipertensão induzida pela gravidez e diminuir o risco de paralisia cerebral e Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI). O Mg deveria ser um complemento requerido para as mães grávidas.

 

Osteoporose – O uso de cálcio com vitamina D para aumentar a absorção de cálcio, sem uma quantidade equilibrada de Mg provoca ainda mais a deficiência de Mg, o que desencadeia uma cascata de eventos que levam à perda óssea.

 

Síndrome de Raynaud – O Mg ajuda a relaxar os vasos sanguíneos que causam dor e dormência dos dedos.

 

Cárie nos dentes – A deficiência em Magnésio provoca um desequilíbrio no balanço de fósforo e cálcio na saliva, o que prejudica os dentes.

 

Extraído do livro The Magnesium Miracle de Dra. Carolyn Dean MD ND (2003 Ballantine Books : New York , NY), 2003. pp 5-7 

 

Tradução por Elisabete Milheiro

Pin It on Pinterest

Share This

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar no nosso site consente a utilização dos mesmos. Saiba mais sobre os cookies aqui

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close