loader image

A purga do intestino

O intestino, um tubo de sete metros de comprimento e de três a oito centímetros de largura, pode reter uma enorme massa de matérias fecais. Drenar o intestino significa desembaraçarmo-nos dessa massa, que geralmente se encontra em fermentação e putrefacção e que é ponto de partida para múltiplas infecções produzidas pela degenera­ção e mutação da flora intestinal. Esta acção é, igualmente, propícia à passagem das toxinas através das mucosas intestinais (600 m de superfície de desassimilação), pois os intestinos, como todos os canais excretores, filtram o sangue que passa através dos seus tecidos para extrair os refugos. Na continuação do processo, estes serão eliminados conjuntamente com as matérias fecais.

É indispensável uma quantidade suficiente de fibras vegetais para encher o intestino e estimular o seu peristaltismo. Um maior e regular consumo de legumes crus ou cozidos, de fruta e de cereais integrais (arroz integral, massas integrais e pão integral) costuma ser suficiente para restabelecer o funcionamento intestinal.

Caso seja necessário, pode aumentar-se o volume do bolo fecal juntando farelo de trigo (1 a 3 colheres de sopa por dia) ou grãos de linho (1 a 2 colheres de sopa por dia) aos alimentos (iogurte ou sopa, por exemplo). Estes produtos possuem a capacidade de inchar em contacto com a água e, deste modo, encher o intestino.

O efeito laxativo das plantas é mais ou menos forte e, por isso, pode adaptar-se às diferentes capacidades intestinais.

Laxativos suaves: ponha de molho em água 3 a 6 ameixas secas ou 2 a 3 figos secos, durante todo o dia. A noite, beba a água e coma a fruta.

Laxativos medianamente fortes: arracian [1] em tintura-mãe, de 20 a 70 gotas em água, antes de se deitar. O efeito produz-se de manhã, ao acordar.

Malva (Malva sylvestris) em tintura-mãe, 3 vezes ao dia, de 20 a 50 gotas em água, antes das refeições.

Laxativo forte (nos casos de obstipação persistente): óleo de rícino, de 1 a 3 cápsulas (consoante a marca), à noite,

com água.

Os clisteres intestinais são, também, bastante eficazes. Exis­tem numa grande variedade, desde o duche rectal à lavagem completa do cólon: irrigação do cólon. A excepção desta última técnica, todos são fáceis de efectuar em casa, com a ajuda de um equipamento mínimo.

 

[1] Arracian – Árvore de madeira flexível que dá um carvão muito leve. (N.T.)

 

De: Christopher Vasey

Do livro Compreender as doenças Graves Editorial Estampa Lda.

Saiba MAIS sobre a Limpeza do Organismo CLICANDO AQUI!

Registe-se para receber as nossas novidades no seu email.

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Pin It on Pinterest

Share This