Equilíbrio ácido/alcalino

Os tipos simpáticos têm uma química mais ácida. e os parassimpáticos  tendem a ser mais alcalinos. Os alimentos tanto podem ser ácidos  alcalinos ou ainda neutros; isso é determinado pelo PH do resíduo do alimento depois de ter sido queimado.
Os simpáticos podem tornar-se muito ácidos se comerem proteínas de mais. Os sintomas da acidose incluem a desidratação, fezes secas e duras, batimentos cardíacos rápidos, dores musculares, azia e insónia.
As doenças incluem a artrite, úlceras, hemorróidas e hiperacticidade. Os parassimpáticos podem tornar-se demasiado alcalinos se comerem frutos ou vegetais a mais; os sintomas da alcalose incluem a diarrera dores nas articulações, erupções cutâneas, sudamento em excesso e sensibilidade dentária. As doenças incluem a arritmia e o edema.

Alimentos

Alcalinos

  • Fruta
  • Carne
  • Vegetais
  • Algas
  • Painço
  • Sementes
  • Ervas e especiarias
  • Sal
  • Molho de soja
  • Miso
  • VInho
  • Chá, café

Neutros

  • Leite
  • Manteiga
  • Natas
  • Iogurte
  • Soro de leite
  • Óleos vegetais
  • Mel
  • Açucar

Ácidos

  • Peixe
  • Aves (frango)
  • Borrego
  • Carne (vaca)

Os citrinos contêm certos ácidos que são »armazenados» pelo organismo formando água e dióxido de carbono. O resíduo resultante tem uma reação alcalina nos tecidos. As ameixas e os arandos contêm ácido benzólico que não é decomposto pelo organismo; por isso, provocam uma reação ácida.

Fruta – Aqueles que têm predominância simpática goslam dela. mas não a digerem rapidamente. Os parassimpáticos conseguem queimar o açúcar da fruta tão depressa que este os torna irrequietos, como se fosse
açúcar corrente.
Vegetais – Os simpáticos gostam de vegetais de folhas verdes que são fáceis de digerir e ricos em potássio. Os parassimpáticos são mais atraídos para as raízes de vegetais, que são alcalinizantes.
Cereais – Os cereais não são tão fortemente ácidos; são mais neutros. Os parassimpáticos convertem os cereais em açúcar mais lentamente do que a fruta; por isso são especialmente recomendados de manhã para ajudar a estabilizar o açúcar no sangue ao longo do dia.
Protelnas – Os simpáticos necessitam das proteínas que se encontram em alimentos como as oleaginosas, as sementes, os ovos e o iogurte. Os parassimpáticos dão-se bem com as proteínas do peixe e de algumas carnes porque tendem a ser mais letárgicos e precisam de mais energia.
As proteínas do peixe e da carne, especialmente as dos órgãos animais, contêm purinas, uma das quais, a adenina, é um constituinte do ATP (adenosina trifosfato), que é um portador de energia a nível celular.

O equilíbrio ácido/alcalino é uma questão subtil já que existem vários estratos de PH no organismo. Os factores emocionais e de stress influenciam enormemente o equilíbrio ácido/alcalino. O clima e as mudanças de estação
também afectam este equilíbrio. Os desejos intensos por um certo alimento indicam que o organismo não está em equilíbrio e que o teor de açúcar no sangue pode estar baixo. Uma dieta variada, incluindo diferentes sabores
desde o amargo ao acre, o doce, o salgado e o picante. pode ser muito útil.

Do livro: Manual Completo de Medicina Natural, de Marcia Satrck

Postado por: Isabel Pato

Artigos relacionados

Holler Box

Pin It on Pinterest

Shares
Share This