O inositol está estritamente associado a colina e a biotina.

É eficaz no auxílio à produção de lecitina pelo organismo. As gorduras são removidas do fígado para as células com a ajuda da lecitina; o inositol facilita então o metabolismo das gorduras e a redução de colesterol no sangue. 

Previne o endurecimento das artérias e protege o fígado, os rins e o coração. Previne ainda o enfraquecimento capilar e a calvície e revelou-se muito útil na nutrição das células do cérebro e no tratamento da esquizofrenia.

A cafeina pode criar carências de inositol no organismo. Uma deficiência de inositol pode causar obstipação, eczema e problemas nos olhos. Contribui também para a perda de cabelo e para o aumento do nível de colesterol no sangue, que pode resultar em doenças arteriais e cardíacas.

O inositol encontra-se na lecitina líquida e granular, no fígado, no melaço, na gema de ovo, nos vegetais de folhas verdes e nos cereais integrais.

In “Manual Completo de Medicina Natural” – Marcia Stark

Pin It on Pinterest

Shares
Share This